terça-feira, 14 de junho de 2016

ANP retoma sessão apenas para ser encerrada oficialmente

O Primeiro vice-presidente da Assembleia Nacional Popular (ANP) afirmou terça-feira que o Parlamento guineense transformou-se num instrumento manipulável pelos interesses obscuros contra a vontade popular, a estabilidade e ao desenvolvimento almejado pelos guineenses. Pelo que a XI legislatura a que pertencem deve deixar patente na página da história da ANP, a sua marca positiva de uma legislatura que se bateu pela consolidação de sistema de tentativas de desconstrução e marginalização dos princípios básicos da democracia. 
“ A ANP transformou-se motor para a dissolução de sistema politico e democrático.” Sublinhou 
Inácio Correia que presidia a cerimónia de enceramento da Terceira Sessão Ordenaria da ANP reconhece que os deputados do hemiciclo guineense estão pelas ruas de amarguras que resultou em má desempenho juntando a crise instalada no país, sem produzirem algo positivo ao favor do povo, mergulhados numa clara demonstração de incapacidades de ultrapassarem os problemas internos da ANP. 

O nº 02 da ANP indica que os deputados não podem dedicar as suas inteligências alimentar crise, boatos criando desordem no xadrez politico e no seio da população. Para a reafirmação dos calores democráticos Apontando a criação de um Tribunal Constitucional por forma a dirimir eventuais conflitos e processos políticos.
Rispito.com/Lai Balde-correspondente, 14-06-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público