quinta-feira, 18 de dezembro de 2014

Três anos de prisão para autores de mutilação genital de crianças na Guiné-Bissau
Tribunal Regional de Bissau condenou hoje a três anos de prisão efetiva três pessoas responsáveis pela mutilação genital de três crianças do sexo feminino, com um, cinco e sete anos de idade.

A pena de prisão efetiva foi aplicada às mães das crianças e à pessoa que fez a excisão. Os condenados terão também de pagar uma indemnização de 500 mil francos CFA (cerca de 762 euros) às vítimas.

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Guiné-Bissau garante não ter nenhum caso de ébola

O cidadão da Guiné-Conacri que na passada quarta-feira entrou na Guiné-Bissau com febre de 39 graus teve alta ainda nesta terça dia 16 do Dezembro, descartando-se assim qualquer caso de ébola no país.

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Presidente dos Imames da Guiné-Bissau quer ver em ação  certas leis no país

Aladje Bubacar Djaló
O Presidente da União Nacional dos Imames da Guiné-Bissau, quer ver introduzido alterações no bilhete de identidade e que seja declarado feriado nacional, as festas da comunidade muçulmana e, ainda instituída educação religiosa no currículo escolar.
Aladje Buracará Djaló, revelou a intenção no final do encontro tida no dia 16 deste mês, com Presidente da Assembleia Nacional Popular.
Aladje Bubacar sublinhou que, os casados pelos usos e costumes são identificados nas peças de identificação nos bilhetes de identidades como solteiros. Facto que segundo disse não dignificas os guineenses. 
Falando aos resultados esperados pelo atual situação socio-política do país, Aladje Bubacar Djaló, Presidente da União Nacional dos Imames da Guiné-Bissau, pede ponderação e paciência dos guineenses em relação ao novo governo
Rispito.com/Lai Baldé, 16 de Dez, de 2014

Terminou a 1" sessão ordinária da ANP do ano legislativo 2014/2015

Terminou ontem à noite a primeira sessão ordinária do ano legislativo 2014/2015 da nona legislatura da ANP, que vinha decorrendo desde o passado dia 4 de Novembro último.
Foram aprovados por unanimidade com algumas alterações a lei de enquadramento do Orçamento Geral de Estado e a directiva da UEMOA.
No final da sessão, Cipriano Cassamá, Presidente da Assembleia Nacional Popular, realçou a dinâmica e a coesão registada pelos parlamentares a quando da votação por unanimidade do Programa do governo, Orçamento geral do Estado e Plano Nacional do Desenvolvimento. Instrumentos indispensáveis que orientam a linha de atuação do governo liderado por Domingos Simões Pereira.
De recordar que, para esta sessão que durou trinta dias úteis, os deputados tinham em agenda catorze pontos e mais de dez alíneas constantes da ordem do dia, dos quais, aprovaram maioria pontos e alguns tratados e convenções. 
Rispito.com/Lai Baldé, 16 de Dez. de 2014

Guiné-Bissau em ascenção

O próximo ano arranca com sinais positivos na Guiné-Bissau, mas a História aconselha cautela: 2012 também se antevia com esperança e foi o ano do mais recente golpe de Estado, do qual o país só agora recupera. Para vencer a desconfiança da população e do resto do mundo, a Guiné-Bissau terá que consolidar a estabilidade política conquistada este ano, iniciar a reforma do setor da segurança e defesa e gerar receita interna de uma forma sustentada. Estas são as prioridades já apontadas pelas autoridades eleitas este ano, lideradas pelo Presidente da República, José Mário Vaz, e pelo primeiro-ministro, Domingos Simões Pereira, ambos aplaudidos pela comunidade internacional. Com maioria no parlamento, reforçada com a inclusão dos partidos da oposição no Governo, o executivo do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) depende de si próprio e da união do partido para avançar sem sobressaltos. Neste cenário, o Governo elegeu como prioridade uma reforma que renove os militares e forças de segurança, acabando com fações tentadas a semear instabilidade e tomar o poder ciclicamente e dando garantias seguras a quem vai para a reforma.
Correio da Manha, 18 de Dez. 2016

UNICEF reforça parcerias para prevenir Ébola na Guiné-Bissau

UNICEF reforça parcerias para prevenir Ébola na Guiné-BissauO Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) assinou hoje protocolos com associações da Guiné-Bissau para reforço das ações de prevenção do Ébola, anunciou o organismo.
O vírus já matou milhares de pessoas nos países vizinhos desde o início do ano, mas não há registo de infeções na Guiné-Bissau.

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Dois agentes da Polícia de Ordem Pública detidos sob mandado do Ministério Público

Dois agentes da Polícia de Ordem Pública (POP) foram detidos há dois dias por alegado envolvimento num episódio de burla qualificada.

Fontes policiais indicam que os agentes, em conluio com alguns civis também detidos, iludiram um emigrante guineense considerado traficante, fingindo que tinham droga para comercializar, mas o que tinham era um falso estupefaciente.

Caso suspeito de ébola na Guiné-Bissau

Homem proveniente da Guiné-Conacri está em observação em Gabu, juntamente com mais oito cidadãos em quarentena.
Um cidadão que entrou na Guiné-Bissau um dia depois da abertura da fronteira com a vizinha Guiné-Conacri está a ser tratado por suspeita de ébola.

domingo, 14 de dezembro de 2014

EUA escolhem novo embaixador para o Senegal e Guiné-Bissau

Os Estados Unidos da América (EUA) nomearam um novo embaixador para o Senegal e Guiné-Bissau, James Peter Zumwalt, diplomata que tem prestado serviço nos EUA e em países asiáticos, informou o Departamento de Estado norte-americano.

O novo embaixador tem 33 anos de carreira e os dois primeiros foram passados em África (1981-1983) como encarregado para assuntos económicos em Kinshasa, Zaire.

De 1983 em diante, o diplomata tem prestado serviço em Washington e em países asiáticos, lidando sobretudo com matérias ligadas à economia do Japão, China, Coreia e Filipinas.

sábado, 13 de dezembro de 2014

Guiné-Bissau prepara-se para atualizar cadernos eleitorais

"A lei prevê a atualização anual e já há preparativos em curso para que seja feita nos próximos dois meses", prevê Doménico Sanca, ministro interino da Administração Interna.

A operação está orçada em 1,2 milhões de euros para poder chegar a todo o país, num território sem estradas nem redes de energia elétrica.

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

António Indjai troca armas pelo cultivo

O general António Indjai,  exonerado em Setembro, disse que não pensa voltar a pegar em armas para intervir no rumo do país, dedicando-se apenas à agricultura.

“Podem confiar que o general está na lavoura. A pegar numa arma? Não é verdade. Não penso nisso, nem hoje, nem amanhã, para sempre”, referiu numa entrevista em crioulo à RTP África, numa das suas quintas em Bambadinca, leste da Guiné-Bissau.

Primeiro-ministro guineense no Senegal 

Image result for domingos simoes pereira com macky sallO primeiro-ministro da Guiné-Bissau encontrou-se esta quinta-feira com o presidente do Senegal. Em cima da mesa estiveram questões como a cooperação bilateral e o Ébola. Domingos Simões Pereira encontra-se em Dacar no âmbito de uma visita de trabalho de dois dias. Em Dacar, o primeiro-ministro guineense foi recebido em audiência, no Palácio da República, pelo presidente do Senegal Macky Sall.

Situação ocorrido na fronteira com Senegal debatido e votado na ANP


Após um dia intenso de debate  a porta fechada na plenária da ANP, do relatório da Comissão mista parlamentar sobre o recente incidente entre a comitiva do ex-ministro da Administração Interna com os rebeldes de Casamança na zona norte do país, este documento foi esta quinta-feira, 11 de Dezembro, apresentado no hemiciclo guineense com algumas alterações.
O Documento foi votado com 73 votos a favor, zero contra e uma abstenção.

quinta-feira, 11 de dezembro de 2014

Governo da Guiné-Bissau trava fundo da promoção do caju para auditar as contas

O governo da Guiné-Bissau excluiu o fundo de promoção do caju (Funpi) do Orçamento de Estado para 2015 e vai fazer uma auditoria às respetivas contas, disse à Lusa o ministro do Comércio, Serifo Embaló.

"O Governo fez uma proposta (da sua supressão) do Orçamento Geral do Estado, que foi aprovado pelo Parlamento. Portanto, tudo o que é previsão de formas de receitas do Estado está no Orçamento", do qual já não consta o Funpi, referiu.

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

OGE para 2015 Aprovado com unanimidade

O Orçamento Geral de Estrado para o ano 2015 bem como o Plano Nacional do Desenvolvimento, foram ontem a noite aprovados, por unanimidade pelos deputados da nação.
Os dois instrumentos de governação foram votados com 71 votos a favor, zero contra e zero abstenção merecendo aval e confiança ao executivo liderado por Domingos Simões Pereira.