quinta-feira, 31 de Julho de 2014

Guiné-Bissau confirma 13 casos de cólera no sul e dois óbitos

Guiné-Bissau confirma 13 casos de cólera no sul e dois óbitosO diretor-geral da Prevenção e Promoção da Saúde Pública da Guiné-Bissau, Nicolau Almeida, disse hoje à Lusa que 13 pessoas foram infetadas com cólera no sul do país, duas das quais morreram.
Os casos registados até aqui aconteceram na região de Tombali, na aldeia de Calak, junto à fronteira com a Guiné-Conacri.
«Apesar de tudo, a situação está sob controlo», salientou Nicolau Almeida, destacando que as infeções e os óbitos foram referenciados desde o início de julho.

Guiné Bissau admite retirar o exclusivo à TAP

O primeiro-ministro da Guiné-Bissau admitiu a possibilidade de abrir à concorrência a rota aérea entre a capital do país e Lisboa, explorada exclusivamente pela TAP Air Portugal.

"A única forma de influenciarmos os bilhetes é promovendo a concorrência. Temos que ser capazes de pensar nisso, temos que ser capazes de criar alternativas", referiu Domingos Simões Pereira numa conferência de imprensa em que foi confrontado com queixas de clientes da companhia aérea portuguesa.

Governo guineense suspende contratos de exploração de areia

O Governo da Guiné-Bissau suspendeu todos os contratos de exploração de areia assinados pelo executivo de transição com três empresas que já estavam a operar em três localidades do país, disse quarta-feira fonte judicial.
Em despachos a que a agência Lusa teve acesso, a Comissão de Recursos e Resoluções de Litígios da Autoridade de Regulação dos Concursos Públicos do Ministério da Justiça, dá conta da decisão anunciada para ter "efeito imediato". 
Ficam sem efeito as licenças de exploração de Varela, concedida à empresa russa Poto Sarl, da praia de Cachalame, em Calequisse, concedida à empresa Bionert Sarl, e a as jazidas de Caio, exploradas pela empresa Carlos Alberto Barbosa. 
As três localidades situam-se no norte da Guiné-Bissau e as jazidas estão em zonas de praias.  
As areias de Calequisse e de Caió são de utilização para construção civil e eram exploradas por empresas guineenses. 
Segundo o despacho da Autoridade de Regulação dos Concursos Públicos todas as três licenças foram concedidas sem concursos públicos de acordo com o Código de Procedimentos Administrativos. 
A exploração das areias tem sido criticada pelos habitantes das três localidades que acusam as empresas de desrespeito pelo ambiente. 
Angop 31 de Julho de 2014

quarta-feira, 30 de Julho de 2014

Portugal envia 15 toneladas de medicamentos para Guiné-Bissau prevenir Ébola

Portugal vai enviar 15 toneladas de medicamentos para apoiar a Guiné-Bissau na prevenção do Ébola e outras epidemias, anunciou hoje o primeiro-ministro guineense, Domingos Simões Pereira.
«Recebemos confirmação do Governo português da disponibilização de 15 toneladas de medicamentos para que o Ministério da Saúde esteja em condições de ter um programa de emergência e acompanhamento da situação de Ébola», bem como de outras «eventuais epidemias», referiu.
O líder do Governo falava numa conferência de imprensa após deslocações oficiais realizadas desde dia 16 de Julho a Bruxelas, Díli e Lisboa.
Lusa 30 de Julho de 2014

Guiné-Bissau com défice de 35 milhões em 2014

Geraldo Martins
O Estado da Guiné-Bissau enfrenta um défice de 35 milhões de euros entre a previsão de receitas e despesas até final do ano, anunciou o ministro das Finanças, Geraldo Martins, que prevê "cobrir" o buraco orçamental até Dezembro.
"O `gap` [brecha] fiscal é de 23 mil milhões de francos CFA [35 milhões de euros] entre a previsão de receitas de todo o ano de 2014 e as despesas previstas", disse o ministro, referindo que estão a ser mobilizados vários mecanismos para lidar com a situação.

terça-feira, 29 de Julho de 2014

PIB da Guiné-Bissau deve crescer 2,7% este ano, nove vezes mais que em 2013

O Fundo Monetário Internacional (FMI) prevê que o Produto Interno Bruto (PIB) da Guiné-Bissau cresça 2,7% este ano, nove vezes mais que os 0,3% de 2013, anunciou hoje o chefe da missão que esteve sete dias no país.

"Espera-se que que a atividade económica acelere este ano, no contexto dos melhores preços de exportação de caju e do restabelecimento do apoio de parceiros internacionais", referiu Maurício Villafuerte em conferência de imprensa.

Guiné-Bissau: Governo proíbe circulação de veículos sem matrícula ou com vidros escuros

O Governo da Guiné-Bissau emitiu nesta terça-feira 29 de Julho, novamente, uma circular que proíbe o trânsito de veículos a motor sem matrícula ou com vidros escuros, situações que proliferam pelas estradas do país.

Investigador - Anunciar redução de tráfico de droga na Guiné-Bissau pode ser «prematuro» 

Quaisquer declarações que apontem para uma redução do tráfico de droga na Guiné-Bissau ou noutros pontos da África Ocidental «devem ser consideradas prematuras, na melhor das hipóteses», alerta a organização suíça International Relations and Security Network (ISN).
A conclusão surge num artigo intitulado «O tráfico de droga em evolução na Guiné-Bissau e África Ocidental» publicado na segunda-feira no portal da ISN, na Internet.
O documento é da autoria de Davin O'Regan, investigador no Africa Center for Strategic Studies (agência especializada do Departamento de Defesa Americano) que contraria as posições assumidas por representantes das Nações Unidas no país desde 2009.
Lusa de Julho de 2014

segunda-feira, 28 de Julho de 2014

26 de Outubro a TAP retoma os voos para Bissau

O acordo já  esta assinado e a decisão já está tomada, os voos da TAP que fazem a ligação de Lisboa-Bissau serão retomadas no dia 26 de Outubro.
Os chefes da Diplomacia de Lisboa e Bissau, Rui Machete e Mário Lopes da Rosa respetivamente, assinaram hoje, dia 28 de Julho, o acordo que visa reactivar essa ligação na presença dos primeiros-ministros dos dois países, Pedro Passos Coelho e Domingos Simões Pereira.
Na ocasião Rui Machete disse que este é um momento de esperança na Guiné-Bissau devido eleição de uma nova liderança politica e o nível de entendimento entre os principais partidos são sinais de uma efetiva virar de paginas deixando para trás os momentos de instabilidade dos golpes militares.
Por isso Portugal não só vai manter a cooperação com a Guiné- Bissau como também vai ser reforçada
O seu homólogo Guineense disse por seu lado que disse que esse acordo criou condições para o regresso da TAP a Bissau.
E o Fernando Pinto Presidente da TAP afirmou de imediato que já deu instruções para a abertura do sistema de reserva para que no dia 26 de Outubro a TAP retome os voos de três vezes por semana entre Lisboa e Bissau
RTP África 28 de Julho de 2014 

Fatumata Djau Baldé falou da mutilação genital feminino numa visita efetuada a "Rispito.com" e a "Radio Rispito Online" em Manchester

CLICA PARA OUVIR A ENTREVISTA
Teve lugar em Londres no dia 22 de Julho de 2014, uma cimeira mundial 'Girl Summit' (Cimeira das Raparigas),  organizada pelo Governo britânico, com o objetivo de criar um movimento à escala global para pôr fim ao casamento forçado e precoce e à mutilação genital feminina (MGF). 

Nesta Cimeira mundial estava presente a nossa antiga Ministra de Turismo, de Solidariedade Sicial, de Negócios Estrangeiros e atual Presidente de Comité Nacional para o Abandono das Práticas Nefastas de saúde da mulher e criança, Dnª Fatumata Djau Baldé.
Na sua curta estada em Londres, Djau Baldé arranjou um tempo para chegar na cidade de Manchester, em visita da cede do "Projeto Rispito" disponibilizou-se aceitar uma  rápida entrevista em direto na Radio Rispito Onlinle e para Rispito.com,  do qual agora se partilha com todos.

Portugal e Guiné-Bissau assinam protocolo para reinício dos voos diretos

Portugal e a Guiné-Bissau vão assinar hoje um acordo que permitirá retomar as ligações aéreas entre Lisboa e Bissau, confirmou à Lusa uma fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros português.

O protocolo de cooperação, formação e capacitação nas áreas das migrações e controlo de fronteiras será assinado pelo ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Rui Machete, e pelo seu homólogo da Guiné-Bissau, Mário Lopes da Rosa, em Lisboa, estando também presentes os primeiros-ministros dos dois países, Pedro Passos Coelho e Domingos Simões Pereira.

sábado, 26 de Julho de 2014

China constrói Palácio da Justiça na Guiné-Bissau

O Governo da República Popular da China assinou esta quinta-feira, 24 de Julho, com o Executivo da Guiné-Bissau, um acordo que visa a construção do Palácio da Justiça no país.
 Wang HUA
O documento foi rubricado pelo titular da pasta das Obras Publicas, Construção e Urbanismo, José António Cruz Almeida, e o Embaixador Extraordinário e Plenipotenciário da China em Bissau, Wang HUA.
Trata-se de um terreno com uma área de 98.550 metros quadrados, sendo que a área a construir corresponde a 6.650 metros quadrados, orçado em mais de 14 milhões de dólares (cerca de 10 milhões de euros), cujos trabalhos arrancam em Outubro.
Em termos de tempo de execução a obra terá a duração de cerca de dois anos, sob a responsabilidade da empresa chinesa «Jiangsu Jiangdu Constrution Group Co, Lda».
O novo Palácio da Justiça guineense ficará situado na Avenida dos Combatentes da Liberdade da Pátria, em Brá, perto do Palácio do Governo, ao lado da Embaixada de Angola.
A obra tem como entidade fiscalizadora o Ministério das Obras Públicas, Construção e Urbanismo, através da sua Direcção-geral de Habitação e Urbanismo.
PNN 25 de Julho de 2014

Diretor Porto de Bissau parcialmente paralisado devido a avaria de navio

As operações no principal porto comercial da Guiné-Bissau estão parcialmente paralisadas há uma semana devido à avaria de um navio que está a impedir a acostagem de outras embarcações, disse hoje à Lusa o diretor do Porto de Bissau, Félix Nandunguê.

Um navio que se preparava para deixar o cais depois de carregar castanha de caju (principal produto de exportação da Guiné-Bissau) teve uma avaria num dos motores e está desde domingo a impedir qualquer movimento no porto, observou Nandunguê.

Comissão prepara jogo entre Guiné-Bissau e Botsuana para Taça das Nações Africanas

Bonifácio Sanhã
O secretário de Estado do Desporto da Guiné-Bissau, Tomás Barbosa, criou uma comissão para preparar o jogo de apuramento para a Taça das Nações Africanas de futebol frente ao Botsuana, disse à Lusa um dos membros dessa comissão criada para o efeito.
A Guiné-Bissau recebe o Botsuana no dia 02 de agosto em Bissau para a segunda mão das pré-eliminatórias de acesso à Taça das Nações Africanas de 2015, com a missão de anular a desvantagem trazida do jogo da primeira mão, em que perdeu por 2-0 em Gaberone (capital do Botsuana).
Segundo Bonifácio Sanhá, membro da comissão criada nesta sexta feira (25 de Julho), o Governo "decidiu chamar a si a responsabilidade" do próximo jogo "por ter indicações de que os jogadores guineenses que militam em clubes europeus ameaçam não participar no desafio se for a Federação a preparar o desafio".
Visão 25 de Julho de 2014

Guiné Bissau pronta para receber de novo os voos da TAP
O novo Governo de Bissau, liderado por Domingos Simões Ferreira, concordou com as propostas portuguesas para garantir o controlo e a segurança dos passageiros. Mas a TAP ainda não está preparada.
Esta segunda-feira vai ser assinado no Palácio das Necessidades um "acordo aéreo" de cooperação entre Portugal e a Guiné Bissau, onde estão definidos os requisitos para que a companhia aérea portuguesa volte a voar para a aquele país.

Banco Oeste Africano de Desenvolvimento vai financiar projectos na Guiné-Bissau

O Banco Oeste Africano de Desenvolvimento (BOAD) tem disponíveis 116 milhões de euros para aplicar em projectos na Guiné-Bissau, afirmou quinta-feira em Bissau o representante no país daquele banco de desenvolvimento.

sexta-feira, 25 de Julho de 2014

Iniciativa 'Exército' de agentes e medicamentos grátis atacam mortalidade na Guiné-Bissau

'Exército' de agentes e medicamentos grátis atacam mortalidade na Guiné-BissauUm "exército" de 1300 agentes comunitários de saúde e medicamentos gratuitos são parte dos reforços na luta contra a mortalidade materno-infantil na Guiné-Bissau, num projeto financiado pela União Europeia que na ultima quinta feira, (24 de Julho), celebrou o primeiro ano de atividade.

quinta-feira, 24 de Julho de 2014

Voos diretos para a Guiné-Bissau vão ser retomados

Portugal e a Guiné-Bissau vão assinar na segunda-feira de manhã um acordo para retomar as ligações aéreas entre Lisboa e Bissau, confirmou à Lusa uma fonte oficial do Ministério dos Negócios Estrangeiros português.

O protocolo de cooperação, formação e capacitação nas áreas das migrações e controlo de fronteiras será assinado pelo ministro de Estado e dos Negócios Estrangeiros de Portugal, Rui Machete, e pelo seu homólogo da Guiné-Bissau, Mário Lopes da Rosa, em Lisboa, estando também presentes os primeiros-ministros dos dois países.
PM da Guiné-Bissau condecora secretário de Estado timorense por apoio às eleições
O primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Domingos Simões Pereira, condecorou hoje o secretário de Estado da Administração Estatal de Timor-Leste com a Ordem de Mérito, Cooperação e Desenvolvimento pelo apoio dado para a realização de eleições no país.

"Através desta medalha posso dirigir-me a toda a Nação timorense. O que nós pretendemos dizer é um muito obrigado a Timor-Leste pela assistência e pelos apoios que nos têm disponibilizado", afirmou Domingos Simões Pereira, na cerimónia transmitida em direto pela televisão pública.

Na sequência de um pedido solicitado pelo antigo Governo de transição guineense, Timor-Leste estabeleceu uma missão de apoio ao processo eleitoral na Guiné-Bissau em setembro de 2013.
Agência Lusa 24 de Julho de 2014

União Africana quer missão internacional para dar ajuda urgente à Guiné-Bissau

O representante da União Africana (UA) na Guiné-Bissau, Ovídio Pequeno, defendeu quarta-feira a realização de uma missão conjunta de organizações internacionais para aquele país lusófono que considera necessitar de ajuda urgente.

"Por mais vontade que o Governo tenha, se não for dada a ajuda necessária, não conseguirá resolver os problemas profundos de que padece um pais onde o Estado quase deixou de existir", referiu.  

UE quer reduzir mortalidade materno-infantil em 25% na Guiné-Bissau

O Programa Integrado para a Redução da Mortalidade Materno-Infantil (Pimi) completa na quinta-feira o primeiro ano de atividade
A União Europeia é a principal financiadora de um projeto que pretende reduzir em 25% a mortalidade materno-infantil em quatro regiões da Guiné-Bissau no prazo de três anos, anunciou esta quarta-feira em comunicado.
O Programa Integrado para a Redução da Mortalidade Materno-Infantil (Pimi) completa hoje quinta-feira (24 de Julho) o primeiro ano de atividade e a data vai ser assinalada com uma cerimónia pública na cidade de Canchungo, norte do país.
O objetivo é que as mulheres grávidas e as crianças com menos de cinco anos beneficiem, através do programa, de melhor acesso a cuidados de saúde básicos nas regiões de Biombo, Cacheu, Oio e Farim - abrangendo 530 mil pessoas, ou seja, cerca de um terço da população do país.
TVI24 23 de Julho de 2014

quarta-feira, 23 de Julho de 2014

BCEAO atribui 15 bilhões de CFA ao governo para pagamento de salários

O Banco Central dos Estados da África Ocidental (BCAO), anuncia hoje um crédito ao governo guineense no valor de 15 bilhões de francos CFA, para o pagamento de salários em atraso na função pública.

De acordo com o Director Nacional do BCEAO, Aladje João Mamadu Fadia que falava a imprensa a saída da audiência que manteve com o Presidente da República, o apoio vem na sequência de pedido feito por José Mário Vaz ao Governador BCEAO Koné Djemocó. 

Díli - Vice-presidente recebe primeiro-ministro da Guiné-Bissau

O vice-presidente da República, Manuel Domingos Vicente, que em Dili participa na X Conferência dos chefes de Estado e de Governo da CPLP, recebeu nesta quarta-feira o primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Domingos Simões Pereira, numa audiência considerada por este como de cortesia.
PR de Moçambique destaca regresso da Guiné-Bissau e pede unidade aos guineenses

O Presidente de Moçambique, Armando Guebuza, saudou hoje o regresso da Guiné-Bissau à Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) e pediu unidade aos guineenses para manter a estabilidade no país.

"Hoje celebramos, com muita satisfação, o regresso deste país irmão e Estado-membro fundador da CPLP ao convívio desta nossa família, uma vez concluído o processo de restauração da legalidade constitucional", anunciou o chefe de Estado moçambicano.

Armando Guebuza discursava na sessão de abertura da cimeira de chefes de Estado e de Governo da CPLP que teve hoje início no Salão Nobre do Ministério dos Negócios Estrangeiros timorense, onde a partir de hoje a Repúbica da Guiné-E quatorial é, mais um membro do pleno direito. Fazendo com que essa organização lusofona conheça o seu primeiro alargamento e com um país não falante da lingua de Camões.
Lusa 23 de Julho de 2014

terça-feira, 22 de Julho de 2014

Fundo Monetário Internacional realiza missão na Guiné-Bissau

Uma missão do Fundo Monetário Internacional (FMI) desloca-se à capital guineense entre 23 e 29 de Julho com o objectivo de actualizar os dados macroeconómicos, incluindo ao nível dos atrasos internos.
Avaliar as perspectivas de apoio financeiro dos parceiros de desenvolvimento da Guiné-Bissau e discutir com as novas autoridades nacionais um quadro de políticas para o remanescente de 2014 estão entre os objectivos da missão do FMI.
De acordo com uma nota do Gabinete de Imprensa do Ministério da Economia e Finanças, que a PNN consultou, a missão em causa vai ainda fornecer conselhos preliminares de política económica com vista a reforçar a gestão das finanças públicas, de forma a evitar a acumulação de novos atrasos. 
Em termos de agenda a delegação manterá encontros esta quarta-feira, 23 de Julho, com os Secretários de Estado do Tesouro, José Djú, do Orçamento, Tomásia Manjuba, e com os respectivos membros dos seus gabinetes.
A 25 de Julho a missão do FMI reúne com o Secretário de Estado do Plano e Integração Regional, Degol Mendes.
PNN 22 de Julho de 2014