sábado, 23 de maio de 2015

Tribunal Regional de Bissau deu por nulo as eleições da CCIAS

O Tribunal Regional de Bissau deu por nulo e sem efeito as eleições da CCIAS realizadas recentemente nas quais, Braima Camará, foi reeleito Presidente da CCIAS da Guiné-Bissau.
De acordo com o Porta-voz do “Grupo de Empresários do Sector Privado Nacional pela Legalidade e Transparência” A Comissão Eleitoral da CCIAS desobedeceu-se a decisão do tribunal realizando eleições a revelia da lei.
Por isso, Rui Ribeiro disse que o juiz de processo já remeteu uma queixa-crime contra a referida comissão por este ter reconhecido que a comissão foi notificada e cometeu crime de desobediência contra o tribunal.
A decisão do Tribunal Regional de Bissau vem expressa num mandado com a data de 20 de maio assinado pelo juiz de direito, Injonaldo Mariano Indi, que o “regime dos atos praticados são nulos não existem efeitos a serem gerados, partirão com um defeito e vicio que é impossível de ser sanado.” Lê-se no mandado aqui Rispito .com teve acesso.
Com isto, está aberto mais um episódio entre CCIAS e o Tribunal Regional de Bissau.

Image result for mama samba embaloCerto é que, por outro lado, Mama Samba Embaló, aparece hoje (23 de Maio) com outra declaração dirigida aos apoiantes da direção do Braima Camara a dizer que, até no momento da edição desta noticia de que, não têm nenhuma notificação por parte do tribunal a informar de anulação do escrutínio da Câmara do Comércio.
Conforme ouvimos do Mama Samba, os Tribunais têm os seus mecanismos próprios de fazer chegar as decisões as partes processuais, mas como ainda não têm nada em mão vindo do Tribunal a dar conta da nulidade ou sem efeito as eleições efetuadas, eles continuam a trabalhar tranquilamente com a nova direção eleita da CCIAS. Embora o Embaló garante que, se por acaso vier uma decisão desta por parte do do Tribunal estarão dispostos a acatar com a decisão e de reagir legalmente por meio dos advogados constituídos para esse efeito.
Lai Baldé/Rispito,com, 23 de Maio de 2015

ANP Aprova com unanimidade o projeto de construção da estatua do Nino Vieira

Os parlamentares guineenses aprovaram com unanimidade, ou seja, 82 votos, (total dos Deputados presentes) à favor do projeto de construção da estatua do Nino Vieira, aquele que procedeu a leitura do texto da proclamação da independia da Guiné-Bissau, nas matas de Colinas de Bõe, enquanto primeiro presidente da Assembleia Nacional Popular do país.
A estátua será erguida no jardim frente à sede do parlamento guineense (Colinas de Boe).
Falando sobre a matéria, o Presidente da Assembleia Nacional Popular reconheceu que reconciliar os guineenses é uma tarefa difícil. Com tudo, Cipriano Cassamá garante que a instituição que dirige está a trabalhar num bom caminho para que não haja mais alteração da ordem constitucional no país.
Colocação ou não da estátua de Nino vieira na sede da ANP, está a dividir os guineense, na opinião de alguns a estátua de Kabi Nafantchanna, enquanto Presidente da República eleito e assassinado de forma barbada cruel e desumana no exercício da sua função, merece e deve ter estatua no palácio da República como forma de honrar a sua memoria e trasladar os seus restos mortais para o mausoléu de Amura, local onde foram sepultados o fundador da nacionalidade guineense e cabo-verdiana, Amilcar  Lopes Cabral e antigos presidentes da república Malam Bacai Sanhá e Kumba Ialá respetivamente e outras personalidades que deram tudo pela independência e edificação do país.
Lai Baldé/Rispito.com, 23de Maio de 2015

Biodiversidade para o Desenvolvimento Sustentável

Celebrou-se ontem no país, 22 de maio, dia Internacional da Biodiversidade sob o lema, “Biodiversidade para o Desenvolvimento Sustentável”.
O ato juntou alguns diplomatas, membros do governo, representantes do sistema das Nações Unidas, ONGs e parceiros ligados ao sector ambiental.
O Secretario de Estado do ambiente foi quem declarou abertas as celebrações das jornadas nacionais da diversidade biológica do ambiente e desenvolvimento durável.
Barros Bacar Banjai, sublinhou que a perda da biodiversidade tem ocorrido ao ritmo muito acelerado e alarmante em grande parte devido a atividades humana.
Para inverter esta prática, o governante disse felizmente, os governos de diferentes países já estão a empreender medidas e compromissos para minimizar os efeitos negativos, reconhecendo que ela é essencial para o desenvolvimento sustentável e o bem estar do homem, facto mundialmente reconhecido. 
Assim sendo, o governante afirma não ter duvidas que a biodiversidade suporta diretamente as principais atividades económicas em sectores tão diversos como a agricultura, pesca, silvicultura, horticultura, indústrias farmacêuticas e cosméticas, fabrico do papel e celulose na construção bem como na biotecnológica, etc… No país em particular, ela é maior empregador da população ativa sobretudo na produção de alimentos e outros serviços fornecidos pelos ecossistemas naturais com destaque ao agricultura e pesca correspondem cerca de 49%  do PIB e emprega cerca de 80% da força laboral. 
Barros afirmou que a Guiné-Bissau dispõe duma flora muito rica em plantas utilizadas na farmacopeias tradicional, prática enraizada no seio das comunidades rurais e essas plantas são usadas ainda na cura de doenças mais frequentes tais como; o paludismo, a diarreia, doenças de pele, hepatite, hipertensão, diabetes, mordeduras de cobras entre outras, e a biodiversidade desempenha igualmente um papel importante na mitigação de alteração climática contribuindo em diversos biomas, para o sequestro de carbono ao longo prazo e fortalecer a resiliências de ecossistemas naturais .
O membro do governo garante que em 2025, a Guiné-Bissau será um refúgio natural onde a biodiversidade será protegidas com ecossistemas saudáveis que permitirão a gestão sustentável dos seus recursos, oferecendo ao conjunto de toda a sub-região, contribuindo significativamente para os grandes equilíbrios ambientais do planeta.
De referir que foi lançado a “ Estratégia do instituto de Biodiversidade e das Áreas Protegidas (IBAP) para o período temporal de 2015-2020” e exibição do filme intitulado “Riquezas Partilhadas”.
Lai Baldé/Rispito.com, 23 de Maio de 2015

sexta-feira, 22 de maio de 2015

Bafatá acolhe primeira reunião do Conselho de Ministros no interior do país

O Governo de Domingos Simões Pereira agendou para 29 de Maio a primeira reunião do Conselho de Ministros em Bafatá, sede da região do mesmo nome, no leste da Guiné-Bissau.
A data deste encontro da plenária governamental foi anunciada esta quarta-feira, 20 de Maio, em Buba, região de Quinara no sul do país, pelo chefe do Governo, quando presidia à reunião da Comissão Política do seu partido para aquela região, no âmbito de visita de trabalho que realiza nas zonas insular desde há três dias.
De acordo com a nota de imprensa do Gabinete de Imprensa do Primeiro-ministro que a PNN consultou, Simões Pereira aproveitou a ocasião para abordar a questão da nomeação dos administradores de sectores apenas nas zonas em que o seu partido venceu as últimas eleições legislativas, pois, segundo o mesmo em caso da Lei das autarquias seja aplicada os nomeados têm de abandonar os seus cargos a favor do partido mais eleito em cada sector administrativo.
Os trabalhos de melhoramento de bolanha, em algumas tabancas das regiões de Quinara e Tombali, sul do país, foram um dos assuntos abordados nesta reunião.
Durante a sua intervenção, o Presidente do PAIGC, falou da reconciliação e aproximação cada vez maior da “família” do seu partido, incitando à tolerância e a um convívio mais fecundo no seio do partido, e concluiu afirmando que se houvesse mais tolerância entre todos, os resultados eleitorais seriam bem maiores.
Na companhia do seu convidado especial, Pierre Winicki, Consultor do Banco Mundial e especialista em reconciliar as instituições, o responsável máximo do PAIGC disse que convidou Winicki a viajar e ajudar a compreender o que se está a passar. Pierre Winicki deverá ser recebido em audiência nos próximos dias por outros órgãos de soberania. 
Usaram da palavra na reunião várias pessoas, entre as quais a Governadora da região de Quinra Binto Nanque, a Coordenadora do partido para região Sul, Teodora Inácio Gomes. Satisfeitos pelo bem desenrolara da presente Campanha de Comercialização de Castanha de Caju, alguns participantes agradeceram o desempenho do Governo, realçaram o bom preço que está a ser praticado neste momento, assim como elogiaram a iluminação solar instalada em quase todas as sedes sectoriais e regionais do país.
A questão da degradação das infra-estruturas no interior, a necessidade de apoiar as mulheres e a juventude com política de micro crédito, a problemática da venda dos terrenos, centros de saúde, escola, formação e profissional foram também levantadas durante o mesmo encontro.
PNN, 22 de Maio de 2015

Rei Mohamed VI de Marrocos vista a Guiné-Bissau no próximo dia 27 de Maio

O Rei Mohamed VI do Reino de Marrocos vai visitar a Guiné-Bissau a partir de 27 de Maio do ano em curso, conforme revelou à PNN fonte ligada à organização da chegada do monarca marroquino a Bissau.
Segundo apurou ainda a PNN, a deslocação do soberano marroquino ao país enquadra-se numa das várias deslocações que está a efectuar a alguns países da África, entre os quais a Guiné-Bissau, Costa do Marfim, Gabão e Senegal onde já se encontra desde 20 de Maio.
Para este efeito, a Presidência da Republica, a Assembleia Nacional Popular e o Governo criaram uma comissão conjunta sob a Presidência do Ministro dos Negócios Estrangeiros e das Comunidades, Mário Lopes da Rosa, coadjuvado pela Conselheira do Presidente da República para Assuntos Políticos e Diplomático Adiatu Djalo Nandigna e na qual também faz parte ainda, Artur Silva.
Em Janeiro deste ano, durante uma escala em Marrocos quando partia para Brasília para a cerimónia de investidura de Dilma Ruossef, o Rei de Marrocos prometeu ao Presidente da Guiné-Bissau uma visita ao país a acontecer ainda em 2015.
De acordo com a noticia do PNN, o Palácio Presidencial já foi deixado vago pelo Presidente da República, que instalou-se provisoriamente com a sua família na tradicional “Casa de Pedras”, a fim de permitir um melhor acolhimento, também de forma temporária, do novo efémero inquilino do Paço oficial do Chefe do Estado guineense.
PNN, 22 de Maio de 2015

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Presidente do PAIGC em digressão pelo leste e sul do país

O Presidente do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) e Primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Domingos Simões Pereira, inicia esta quarta-feira, 20 de Maio, uma visita de trabalho com a duração de quatro dias, em duas das três regiões da Província Sul do país, nomeadamente a região de Quinara e a região de Tombali.

OMS - 5 casos de ébola em Boke na fronteira com a Guiné-Bissau

Cinco casos de ébola num município da Guiné-Conacri que faz fronteira com a Guiné-Bissau, diz OMS"Cinco casos foram registados [na última semana] na prefeitura de Boke, que faz fronteira com a Guiné-Bissau [a sul]. Os cinco casos estavam fortemente agrupados na subprefeitura costeira de Kamsar", referiu o relatório semanal sobre a evolução da epidemia de vírus Ébola.
Ainda segundo o documento, disponibilizado na Internet, as investigações preliminares sugerem que os casos "podem ter tido origem numa cadeia de transmissão de Conacri".

Guiné-Bissau prepara conferência de reconciliação nacional

Image result for bandeira da guine bissauUm ano após o regresso da Guiné-Bissau à normalidade constitucional, o país prepara agora um conferência nacional de reconciliação. Uma iniciativa da qual se espera transparência e responsabilização, antes de se cicatrizar as feridas de um país com um longo historial de instabilidade.
A comissão organizadora da conferência é integrada por 32 personalidades, entre académicos, membros de organizações da sociedade civil, dirigentes políticos e religiosos e juristas.
Nas ruas, os cidadãos revelam uma enorme expectativa quanto ao trabalho desta comissão e da conferência nacional.
Eliseu Aguinaldo da Silva aplaude a iniciativa, mas espera que não seja uma reconciliação de fachada. Primeiro, quer conhecer os culpados para depois falar de uma eventual amnistia e reconciliação.
Na mesma linha, Januário Jaló, que há nove anos estava fora do país, diz ter acompanhado no Brasil e no Reino Unido “amargamente os acontecimentos violentos que marcaram a terra que o viu nascer, através da imprensa. Por isso concorda com a iniciativa e augura um futuro melhor para a Guiné-Bissau.
A Comissão Nacional para a Preparação da Conferência de Reconciliação na Guiné-Bissau é liderada por Domingos da Fonseca, vigário-geral da diocese de Bafatá, no leste do país, igualmente padre da Igreja de Buba, no sul da Guiné-Bissau, que já apontou a promoção da paz como o seu principal objectivo.
Voz de America. 21 de Maio de 2015

quarta-feira, 20 de maio de 2015

Bissau, cada tiro cada melro

Carlos Sambu
Guerrinha reles,  assaz criado entre presidente e primeiro ministro já ganhou proporção incalculável. E esta na véspera de dar a luz, pois dor do porto já faz sentir
Neste tempo conturbado, floresceram incontável    situação, salpicado com critica do presidente e desobediência do primeiro ministro  
Prova disso,  ultimo embate entre o Jomaviano (Braima camara) e Dominguistas ( Soyoyo e Lamba) travaram uma disputa revanchista e de gosto paupérrimo, dias depois, os comissários foram exonerados
De auditu (ouve dizer) que o Rei de Marrocos vira para tentar apaziguar o animo, esta subterfúgio pode não ser astuto, pois neste caso a monarquia aconselha  haraquiri de uma parte
La esta o ditado, cada tiro cada melro.
Por: Carlos Sambu 
OBS: Todas as opiniões aqui editadas são da inteira responsabilidade do seu titular (autor)

terça-feira, 19 de maio de 2015

CCIAS - a crise continua e os empresários pedem a demissão do ministro da Administração Interna

O grupo de empresários contestatários da direção cessante de CCIAS voltaram a carga com mais uma conferencia de imprensa para tornar publico da situação passada no dia 10 de Maio de 2015, na eleição para escolha de novos corpos diretivos.
Uma conferencia de imprensa que o Lamba não poupou as autoridades da Guiné-Bissau comn criticas e de acusar claramente a intervenção policial no dia das eleições, que em vez de ser agente dissuasor ou apaziguador, fez-se de interventor de mando e de encomenda. 
O Lamba disse que recebeu a telefonema de Mamadu Alfa Bari,  que de  forma eufórico e de gozo lhe anunciou o decurso das eleições, motivo que o fez deslocar até o local para comprovar, o que de imediato lhe valeu a agressão e quase perca de vida
Depois de ser agredido com pedradas na cabeça e a sangrar pelo corpo todo, ao chegar o corpo policial ficou aliviado com enganos de que estaria a ser protegido,  ao que contrariamente os mesmos carregaram ainda mais nele, pondo-o no carro para varias artérias da cidade em gozos e humilhações.
Aagradeceu ao poder de Deus que ainda está vivo, mas avisa que a luta só acaba com um processo concluido de forma legal, porque depois de esgotar o que a justiça do país lhe reserva, ainda existem a justiça de UEMOA  e de CEDEAO.

Por outro lado, Idriça Djaló disse ser triste ouvir o oficial Vilela a acusar de forma falsa e de trata-los de bandidos. E sublinha que neste processo a autoridade policial só andou a fazer serviço contrario ao que é digno papel de um policia.
Primeiro em impedi-los a entrada na Assembleia Geral e agora demonstra claramente a sua defesa em favor de uma parte. Mas nao vale a pena perder tempo em acusações falsas.
O mais importante de tudo e o motivo de toda essa situação é o pedido de fazer contas ou balanço, o que garante que nunca vão deixar de pedir e nem vão desistir.
Tem muita falcatruas na Camara onde muita gente está envolvida o que faz de toda a autoridade do país em total silencio.
Djaló disse que, estão em luta dura porque estão na justiça com uma parte que oferece carros aos magistrados, que oferece dinheiro ao governo e capaz de comprar todos os que decidem no país, mas como têm certeza no que estão a falar e do que a pedir (Contas), vão ter fé na justiça do país. Contudo também sublinha de que é tão importante o pais estar inserido na sub-região onde ainda podem recorrer aos tribunais de UEMOA e de CEDEAO.
Idriça Djaló disse ainda, que o  presidente da CCIAS como também conselheiro principal do Presidente da República, como é possível esse ultimo pôr a sua cara no problema do Braima Camará.?
Interroga como é que o Primeiro Ministro e todo o governo permite a Câmara cobrar as empresas e ficar com o dinheiro para usos pessoais?
Para Idriça, esse dinheiro sujo e tantas falcatruas existente na direção cessante da CCIAS vai trazer grande tensão e agitação ao país.
Para terminar, enfatiza que o habito de muitos juntarem na criação de fundo para uma pessoa ou um pequeno grupo de pessoas beneficiarem do mesmo ainda com uso de força acalentarem todo o restante com intimidações e abuso de poder é que contribuiu  muito no atraso e a profunda pobreza da Guiné-Bissau.
Depois da conferencia de imprensa o grupo dos empresariados foram recebidos pelo Primeiro Ministro, depois de abordarem varias questões com o chefe do governo, lamentaram a triste atitude de Otávio Alves, Ministro da Administração Interna,  cujo a postura serviu de aumentar a chama na fogueira e de criar condições para a perca de vida humana, o que para eles, atitude do género não dignifica o executivo pelo que pedem a sua demissão da pasta do Ministério da Administração Interna.
Rispito.com, 19 de Maio de 2015

Operações do Banco Mundial faz avaliação pós-Mesa Redonda 

O governo guineense reuniu-se hoje com a Direção das Operações do Banco Mundial, com sede em Dakar, com propósito de se efetuar uma avaliação pós-Mesa Redonda rever e debater a carteira de projetos e sua viabilidade económico-financeira sectoriais e regionais face ao desenvolvimento.

Funeral do jornalista Abdulai Intombé

Os restos mortais do Abdulai Intombé, jornalista e proprietário do jornal “Bantaba de Nobas”, foram enterrar no domingo, 17 de maio, na sua terra natal em Ingoré, sector de São Domingos região de Cacheu. 
A cerimónia fúnebre juntou colegas de profissão, políticos, amigos e familiares do jornalista que acompanharam o até a sua última morada ao frente da sua casa onde o viu nascer.
O jornalista Intombé, faleceu na tarde de sábado 17 de maio, no hospital Nacional Simao Mendes vítima de doença.
Até a data da sua morte era funcionário do ANG (Agencia Notícias da Guiné-Bissau) a mais de 20 anos e nos últimos tempos criou e liderou o semanário “Bantaba de Nobas”, na qual granjeou mais amizades e popularidade no seio da classe jornalística, política bem como na população guineense.
Hora e Gloria ao Abdulai Intombé.
Lai Baldé/Rispito.com, 19 de Maio de 2015

Religioso escolhido para preparar Conferência de Reconciliação

Domingos da Fonseca, padre da Igreja de BubaDomingos da Fonseca, padre da Igreja de Buba, no sul da Guiné-Bissau, tomou  posse no Parlamento como presidente da Comissão Nacional para a Preparação da Conferência de Reconciliação.
No seu discurso, o também vigário-geral da diocese de Bafatá, no leste do país, prometeu trabalhar para que a conferência tenha lugar ainda este ano.
Image result for cipriano cassama
Domingos da Fonseca, que irá liderar uma comissão de 32 personalidades guineenses entre académicos, membros de organizações da sociedade civil, juristas, militares, dirigentes políticos e religiosos, apontou a promoção da paz como o seu principal objetivo. «Falem a verdade para se libertarem», referiu o vigário.
O presidente do parlamento guineense, Cipriano Cassamá, saudou a escolha de um religioso para presidir à comissão e apelou aos guineenses para que enfrentem «os factos do passado para perspetivar o futuro do país».
A Bola, 18 de Maio de 2015

segunda-feira, 18 de maio de 2015

Advogado Augusto Mário é agora presidente da Liga dos Direitos Humanos

Atual - Augusto Mário da Silva
Ex - Luis Vaz Martins
Sem surpresas o advogado Augusto Mário foi eleito presidente da Liga Guineense dos Direitos Humanos, para um mandato de quatro anos, substituindo no cargo Luís Vaz Martins que esteve na direcção da Liga nos últimos oito anos.
O vice-presidente da Liga Augusto Mário da Silva propôs-se
 continuar na senda do combate contra a impunidade no qual a Liga tem estado na linha da frente na Guiné-Bissau.

Mário da Silva deve tomar posse ainda no decurso deste mês, mas já anunciou alguns eixos do seu mandato que passará pela Consolidação das conquistas alcançadas pela direcção cessante, o reforço de capacidade de intervenção da organização através de um processo de reestruturação do grupo de activistas, a consolidação do estado de direito, o combate à impunidade, o reforço de sistema de protecção dos direitos humanos, com ênfase para crianças, e as mulheres. O novo presidente da Liga Guineense dos Direitos Humanos quer também trabalhar no reforço da participação da organização nas instâncias internacionais da defesa dos direitos humanos.
Augusto Mário da Silva quer ver a Liga Guineense dos Direitos Humanos a aproximar-se da Organização Mundial contra a tortura e as instâncias das Nações Unidas que tratam dos direitos humanos.
RFI, 17 de Maio de 2015

domingo, 17 de maio de 2015

 Faleceu Abdulai Intombé

Abdulai Intombé
A comunicação social guineense está de Luto, devido a mais uma baixa no meio da convivência da classe jornalística.
Faleceu este domingo, 17 de Maio, no hospital Nacional Simão Mendes o jornalista e proprietário do jornal Bantaba de Nobas Abdulai Intombé, vítima de doença.
O malogrado era funcionário da ANG (Agencia Noticiosa da Guiné-Bissau) a mais de 20 anos e nos últimos tempos criou e liderou o semanário “Bantaba de Nobas”, na qual granjeou mais amizades e popularidade no seio da classe jornalística, política bem como na população guineense.
Abdulai Intombé, era casado e pai de 07 filhos.
A cerimónia fúnebre será realizada na segunda-feira 18 de Maio, na sua terra natal Ingoré, sector de Bigene,  região de Cacheu.
Neste momento de dor e de consternação,  Rispito.com e toda equipa vem lamentar essa perda irreparável e da mesma forma apresentar as mais sentidas condolências a todos os colegas, amigos diretos e toda a família enlutada.
Que o chão lhe seja leve.
Lai Baldé/Rispito.com, 17 de Maio de 2015

sábado, 16 de maio de 2015

O Empresário espancado de regresso em Bissau bem disponível 

Sã e salvo com prognóstico favorável, assim regressou para Bissau, o empresário Mamdú Saliu Lamba, Líder do “Grupo de Empresários do Sector Privado Nacional pela Legalidade e Transparência”, espancado recentemente na sequência de eleições CCIAS, para a escolha dos órgãos socias do sector privado guineense.
O empresário foi recebido este Sábado, 16 de maio, no aeroporto Internacional Osvaldo Vieira com slogan “Herói Lamba… No Ista Ku Bô!!!”. Com uma grande moldura humana em direção à sua residência que fez fechar a faixa direita da estrada combatente Liberdade da Pátria, devido a quantidade de viaturas carregadas dos seus simpatizantes e representantes dos imames do país em jeito de solidariedade para com o empresário. 
Numa curta declaração à imprensa, o empresário agradeceu a Deus por ter lhe salvado a vida para continuar a dar o seu contributo para o desenvolvimento do país ainda à todos aqueles que se juntaram ao “Grupo de Empresários do Sector Privado Nacional pela Legalidade e Transparência” para a edificação da democracia na Guiné-Bissau.
Lamba mostrou-se esperançado que o país vai vencer as dificuldades pelo que, promete que a luta vai mesmo continuar, “Deus é grande” referiu.
Os representantes dos imames de Bafatá, Gabú, Oio, Quinará Tombali e Sector Autónimo de Bissau solidarizaram-se com o Lamba, e pediram o empresário para sofrer e esquecer o passado para a coesão do sector privado bem como da estabilidade do país que todos almejam neste momento.
Lai Baldé/Rispito.com, 16 de Maio de 2015
DSP em visita dos trabalhos de reabilitação e construção das vias urbanas
O Primeiro-ministro Domingos Simões Pereira, acompanhado do Ministro das Obras Publica, Construções e Urbanismo, José António Cruz Almeida visitou os trabalhos de reabilitação e construção das vias urbanas à cargo da empresa Areski.
As obras foram financiadas pelo BOAD - Banco Oeste Africano de Desenvolvimento e estão muito avançadas. Nesta primeira fase foram contempladas a Avenida de Cintura, o Cruzamento Pabidjaro/Alfandega; as Ruas do Hotti Hotel/Quelele, Santa Luzia/Antula, Cruzamento Tcherno Mamudu/Terminal Toca-toca (Volta Bissau), Osvaldo Vieira,  Rui Djassi e Eduardo Mondelane.
Falando sobre a forma como estão a decorrer os trabalhos, Simões pereira referiu-se que “tendo em conta o início das chuvas pode haver necessidade de se acelerar as obras... Em certas “obras constatamos que estão a ser penalizadas com situações de imprevistos, cabos que não estão na calha de reserva; necessidade de desviar uma outra situação; soluções que estão a ser encontradas no terreno que não estavam previstas no projeto. Tudo isto faz não só encarecer a obra, como também dilatar o tempo de execução.” Disse o chefe de executivo guineense.                                                              
Integravam a delegação do primeiro-nistro o Ministra da Educação Nacional, Odete Semedo Costa; do Ministro da Agricultura e Desenvolvimento Rural, João Aníbal; do Secretário de Estado das Pescas, Ildefonso Barros; do Secretário de Estado do Ensino Superior, Fernando Dias; dos Conselheiros do PM Luís Aníbal, Luís Melo e Carlos Vaz.
De acordo com uma fonte o fim das obras está agendado para o final de junho de 2015. Resta ver uma vez que ainda falta muito trabalho para fazer e as chuvas não esperam ninguém.
Lai Baldé/Rispito.com, 15 de Maio de 2015

sexta-feira, 15 de maio de 2015

inaugurada Empresa Agroindustrial Ecco Bissau

A empresa de nacionalidade espanhola, agroindustrial, ECO Bissau, situada a escassos quilómetros de Mansoa, entre Jugudul e Finete, junto a tabanca Mentém, foi inaugurada hoje pelo Primeiro-Ministro Guineense.
A referida fábrica vai passar a operar na área de produção de frutas, particularmente de mangas, em embalagens, com “labels” (rótulos) “made in Guiné-Bissau”, para exportação diretamente para o mercado Europeu. 
 Trata-se de um investimento de elevado vulto que nos próximos anos propõe atingir uma cifra de exportação de cerca de 3 mil toneladas/ano de mangas e de outras frutas tropicais da Guiné-Bissau, que ocupa uma área gigantesca, reservada à recolha e armazenamento das mangas nos armazéns frigoríficos; tem espaços para escolha e embalagens de mangas; para o cultivo de viveiros de espécies de frutas trazidas da Espanha (para atestar se adaptam ao nosso solo); para a formação dos produtores agricultores locais; e ainda possui camiões de câmaras frigoríficos.
 Este é o início de concretização de uma grande aposta do Governo na industrialização, criação de postos de emprego de qualidade e crescimento da economia. Pois, não obstante, o Governo estar ainda cumprir o programa de urgência, começa a dar passos definitivamente seguros para um futuro promissor.
 No quadro do primeiro ano de governação do Executivo, está programado para os próximos meses de Junho e Julho, à inauguração de um conjunto de ações empreendidas pelo governo, que irão servir de mostras, dos excelentes resultados alcançados.
 Gabinete de Comunicação do PM, 15 de Maio de 2015

Dança de Cadeiras nas forças de defesa e segurança da Guiné-Bissau. 

Hoje sexta-feira, 15 de maio, O Conselho de Ministros deu a sua anuência a que, por despacho do Primeiro-Ministro Domingos Simões Pereira, nomeou José António Marques para o cargo de Comissario Geral da Polícia da Ordem Pública (POP), Armando da Costa Marna nomeada para o cargo de Comandante Geral da Guarda Nacional (GN) e Malam Turé nomeado para o cardo do Inspetor-Geral do Ministério da Administração Interna.
Os exonerados das funções
Ainda, por forma a reorganizar e imprimir maior controlo do património de estado, o Conselho de Ministros nomeou Mamudo Embaló, para o cargo de Secretario Nacional do Património de Estado guineense. 
Na sequência das nomeações foi dada por finda as comissões de serviço, nos mesmos cargos, os anteriores titulares. 
As nomeações foram feitas numa altura em que, alguns agentes da força de segurança do país, não merecem confiança ao cidadão comum e até alguns deles envolvidos nos casos de tortura, assassinatos, furto de diferentes tipos de natureza no território  nacional.
Lai Baldé, 15 de Maio de 2015

quinta-feira, 14 de maio de 2015

Governo liberaliza o mercado do serviço Internet

O Governo guineense, através da Secretaria de Estado dos Transportes e Telecomunicações, anunciou esta quinta-feira, 14 de Maio, em Bissau, que o mercado do fornecimento do serviço de Internet no país é livre.
Falando à PNN durante a cerimónia de lançamento da empresa «Net Sem Fios», um consórcio nacional das empresas portuguesas «Elmafe» e «Wifi Antena», João Bernardo Vieira, responsável pela pasta dos Transportes e Telecomunicações, informou que não é necessário ter uma licença de GSM para ter uma autorização geral de prestação do serviço de Internet.

Praça Pindjiquiti em reabilitação

As obras de reabilitação da praça de Pindjiguiti, vulgarmente conhecida por “Mon de Timba” estarão concluídas e inauguradas no dia 3 de Agosto, data de aniversário dos mártires do porto do mesmo nome.
A garantia foi dada hoje pelos responsáveis da empresa portuguesa de Construção Civil (ENCOS), encarregue dos trabalhos, na cerimónia de lançamento da pedra para a reabilitação daquele espaço e que contou com a presença do Secretário de Estado da Administração Territorial.

Paulo Torres divulga escolhas da Guiné-Bissau

Paulo Torres divulga escolhas da Guiné-BissauO técnico da Guiné-Bissau Paulo Torres divulgou os futebolistas pré-convocados para a preparação da CAN2017.
A lista é pontificada por jogadores que alinham em clubes português e não inclui, como foi admitido pelos responsáveis federativos, o nome de Yanick Djaló, natural de Bissau, que está impedido de representar a seleção guineense por ter alinhando seis minutos por Portugal no apuramento para o Euro2012.

quarta-feira, 13 de maio de 2015

Empresa do Canadá vai extrair fosfatos na Guiné-Bissau

A empresa mineira do Canadá GB Minerals pretende investir 175 milhões de dólares para começar a extrair fosfatos na Guiné-Bissau a partir de 2017, anunciou terça-feira em Bissau o presidente executivo.
“O nosso plano é proceder à entrega do estudo de viabilidade ao governo em Julho próximo, aguardar o financiamento até ao final do ano em curso e começar a produzir em 2017,” precisou Luís Cabrita da Silva.
O presidente executivo da GB Minerals, o projecto envolve também a construção de um novo porto na localidade da Ponta Chugue, junto ao rio Geba, a leste da capital Bissau.
“A partir daí, os fosfatos serão exportados para os mercados internacionais”, disse Da Silva, tendo acrescentado esperar que a parcela dos fosfatos a serem utilizados na produção de fertilizantes seja absorvida pelos países da região ocidental de África, onde a procura está a crescer rapidamente.
Os fosfatos foram descobertos na localidade de Farim, cidade ao norte da capital, na década de 1980, mas a sua exploração comercial tem vindo a ser sucessivamente adiada, em grande parte devido à instabilidade política que se tem sentido no país.
(Macauhub/GW, 13 de Maio de 2015

terça-feira, 12 de maio de 2015

Lamba - Empresário espancado agora em Dakar ainda pode passar para França

O empresário Mamdú Saliu Lamba, Líder do “Grupo de Empresários do Sector Privado Nacional pela Legalidade e Transparência”, espancado gravemente na sequência de eleições para escolha dos órgãos sociais da CCIAS, encontra-se em Dakar, para tratamento médico especializado.
Lamba, numa demonstração clara de coragem e determinação foi obrigado a carregar com as suas próprias mãos o soro contendo a matéria de dedicação como se vê nas imagens. 
Até agora, há poucas informações sobre o estado clínico do empresário, apesar de ter difundido no programa “Tribuna do Sector Privado” da autoria do referido grupo de empresários, que Lamba poderá ainda ser transportado à França, caso permanecer a sua situação de gravidade.
Informação a que Rispito.com teve acesso através de uma

fonte bem informada digno de crédito, dá conta que, da sua passagem à Dakar proveniente do Cabo-Verde, o Primeiro-ministro guineense Domingos Simões Pereira, em companhia do ministro da Economia e das Finanças Geraldo Martins, e o embaixador da Guiné-Bissau em Dakar Idrissa Embaló, visitaram o empresário.
O caso poderá merecer análise e posicionamento na próxima reunião do Conselho de Ministros do governo guineense.
Lai Baldé/Rispito.com, 12 de Maio de 2015