Email do "Rspito.com" é: kandongadinoba@gmail.com Sintonize a Radio Rispito 24 horas-ww.radiorispito.blogspot.com

sexta-feira, 18 de Abril de 2014

Empresa russa «Photo SARL» inicia construção da ponte sobre o Rio Cool

A empresa russa «Photo SARL» está a construir uma nova ponte na secção de Suzana, concretamente no Rio Cool, situada a quatro quilómetros da sede Administrativa da Secção de Suzana, reduzindo drasticamente a dimensão anterior da ponte, com 60 metros de comprimento e cinco de largura.
A PNN soube que a obra em curso está a ser executada por uma empresa nacional cujo nome não foi revelado, e que a construção decorre sem o conhecimento do Ministério guineense das Infra-estruturas. A nova obra tem uma fundação de tanques (foto).

Empresa romena impedida de realizar voos entre Guiné-Bissau e Portugal

O Instituto Nacional de Aviação Civil (INAC) não autorizou a romena Ten Airways a voar entre Bissau e Portugal, rota interrompida desde dezembro, devido a um acordo de 2008 entre guineenses e portugueses, informou hoje a instituição.
Em nota enviada à Lusa, o INAC referiu que o acordo aéreo firmado entre Portugal e Guiné-Bissau, aprovado em 2008, foi harmonizado por um outro acordo firmado entre a União Europeia (UE) e União Económica e Monetária da África Ocidental (UEMOA, da qual a Guiné-Bissau faz parte) em 2010.

quinta-feira, 17 de Abril de 2014

Com 100 mil votos nulos, PUSD fala do processo não concluído

Envio em anexo documento entregue hoje pelas 14h, pelo meu Partido, junto da Comissão Nacional de Eleições (como se pode constatar pelo carimbo de recepção e número de entrada nº 199), exigindo o cumprimento da Lei, em termos de direito à informação. 
Tendo em vista as informações de que os resultados provisórios comportam 100 000 votos nulos (cem mil), tememos que, por excesso de zelo ou confusão nas instruções recebidas, esses votos (ou boa parte deles) tenham sido ilegalmente considerados nulos. A confirmar-se a dimensão deste fenómeno, não nos podemos inibir de alimentar legítimas suspeitas de se estar a incorrer no risco de adulterar a expressão e o sentido da vontade popular. 
Defendemos a transparência do apuramento de resultados, essencial para a credibilidade de todo o processo eleitoral, e será esse o tema que amanhã apresentaremos em conferência de imprensa, pelas 11h, na sede de Bissau, segundo as conclusões da reunião da Comissão Política do meu Partido, a decorrer a partir das 9h no mesmo local. 

Primeiro-Ministro eleito da Guiné-Bissau

O Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) venceu as eleições legislativas de domingo na Guiné-Bissau e o líder, Domingos Simões Pereira, tem o caminho aberto para ocupar o cargo de primeiro-ministro.

De acordo com os resultados provisórios anunciados ao início da noite de quarta-feira por Augusto Mendes, presidente da Comissão Nacional de Eleições (CNE), o PAIGC conquistou a maioria absoluta, com 55 dos 102 lugares da Assembleia Nacional Popular.

quarta-feira, 16 de Abril de 2014

Resultados eleitorais da Guiné-Bissau

A CNE divulgou os resultados eleitorais a minutos onde PAIGC e o seu candidato José Mario Vaz são grandes vencedores
Legislativas:
PAIGC com 55 Deputados, PRS 41 Deputados, PCD 2 Deputados, PND 1 Deputado e União para Mudança com um Deputado.
Presidenciais:
José Mario Vaz 40,98% e Nuno Gomes Nabian com 25% significando que o país tem que enfrentar uma segunda volta de presidenciais entre o candidato do PAIGC Joe Mário Vaz e o candidato indipendente Nuno Gomes Nabian.

Certo é que ha um dado iedito de reação imidiata de não aceitação dos resutados anunciados por CNE pela parte do lider de PCD que chamou de furto ao ser anunciado dois mandatos a esse partido quando na verdade segundo as contas do partido é de quatro Deputados. 
Até onde vai ou que mecanismos usará esse lider em relação ao seu descontentamento é o que vamos perceber nos dias que seguem.

Por seu lado PRS que sempre declarou aceitar os resultados sejam quais forem, um dos dirigentes na pessoa de Baltazar Cardoso, tambem não se fez esperar a manifestação do descontentamento desses resultados.


Espera-se a divulgação de resultados que ainda deverá ser hoje

A Comissão Nacional das Eleições da Guiné-Bissau vai divulgar hoje as 19 horas (hora local) os resultados oficiais provisórios.
Um ato aguardado com muita ansia, mas tudo indica a vitória clara do PAIGC e enquanto o candidato apoiado por esse mesmo partido, José Mario Vaz, o mais votado nas presidenciais.
Lembra-se que essas eleeições mereceram um aplauso unanime de toda a Comunidade Internacional e um reconhecimento justo, livre e transparente de todos os observadores no terreno. 

terça-feira, 15 de Abril de 2014

COMUNICADO A IMPRENSA

A realização das eleições presidenciais e legislativas de 13 de Abril de 2014, constituía imperativo categórico para fazer o país voltar a normalidade constitucional, assim como retornar a confiança da comunidade internacional nas instituições da república.
Amanha será conhecido os resultados provisórios oficiais das eleições gerais
A Comissão Nacional de Eleições (CNE) da Guiné-Bissau prevê que os resultados provisórios da votação de domingo possam ser divulgados amanha quarta-feira 16 de Abril, conforme disse o presidente da CNE, Augusto Mendes, em conferência de imprensa.
"Estamos a trabalhar para que assim seja", respondeu depois de questionado pelos jornalistas.
"O secretariado executivo da CNE já solicitou às nossas comissões regionais eleitorais um esforço complementar que permita trazer os resultados a público o mais cedo possível", acrescentou.
Augusto Mendes referiu que a participação nas eleições gerais de domingo foi "a maior de sempre" na história da Guiné-Bissau e ultrapassou 80 por cento nalgumas regiões.
RTP Noticias 14 dd Abril de 2014

segunda-feira, 14 de Abril de 2014

Fernando Vaz atribui vitória antecipada ao PAIGC e coloca o seu lugar a disposição

O Presidente do Partido União Patriótica Guineense, Cabeça de lista do mesmo as legislativas, Fernando Vaz, reconheceu hoje a derrota do seu partido nas Eleições legislativa de ontem.
Numa conferência de Imprensa realizada hoje em Bissau para tornar público o seu conformismo com o resultado a ser publicado, antecipou reconhecendo a sua derrota.
O actual porta-voz do governo atribuiu antecipadamente a vitória das eleições realizadas ontem ao PAIGC, esclarecendo – “já liguei ao Domingos Simões Pereira e o felicitei pela vitória e, desejei-lhe sucessos”.
No mesmo acto, “Nando Vaz,” fez a questão de agradecer o apoio da Comunidade Internacional e divulgou também que vai pôr o seu cargo a disposição enquanto presidente da União Patriótica Guineense (UPG)
GebaPress 14 de Abril de 2014

PRS elogia o processo de votação de ontem 

O Partido da Renovação Social (PRS) manifestou a sua satisfação com a forma ordeira como decorreu as eleições de ontem.
Numa conferência de imprensa realizada na sede do mesmo partido, PRS, o Porta-Voz Victor Pereira trouxe a imprensa as razões do encontro mantido em que agradeceu o comportamento da população.
Ainda agradeceu os militantes do PRS e elogiou o profissionalismo dos jornalistas.
No entanto rejeita falar dos resultados justificando que é “prematuro avançar com dados” porque não tinham terminado aos trabalhos e têm uma equipa a trabalhar no assunto.

Participação nas eleições da Guiné-Bissau superior à de escrutínios anteriores

Os guineenses responderam à chamada. A taxa de participação nas eleições gerais de domingo pode ultrapassar os 70%, valor acima dos 60% de anteriores escrutínios, informou o presidente da Comissão Nacional de Eleições, Augusto Mendes, citado pela AFP.

Não há ainda resultados oficiais das primeiras eleições após o golpe de Estado de 12 de Abril de 2012, que derrubou o Governo do primeiro-ministro Carlos Gomes Júnior, do PAIGC (Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde), entre a primeira e a segunda volta das presidenciais.
Contagem em curso
As primeiras projeções vai dando vantagens ao candidato apoiado por PAIGC, José Mario vaz, mas o candidato independente apoiado pelo falecido presidente Koumba Yalá, Nuno Gomes Nabiam segue um caminho de forçar a segunda volta, com uma eventual disputa entre os dois.
O Candidato também indipendente, Paulo Gomes, vai de mesa a mesa assegurando numeros de votos para uma posição terceira.

Tudo está em aberto, as contagens estão em curso de forma muito lenta, mas tudo indica que dentro de dois dias ja podemos ter certeza dos dois mais votados para a segunda volta.

domingo, 13 de Abril de 2014

Dia "D" para a viragem da história 

Hoje é o dia da decisão importante na Guiné-Bissau para a viragem de mais uma pagina nos contos hitóricos do país, as eleições gerais.
As presidenciais e legislativas que decorre hoje, domingo 13 de Abril de 2014, é o último passo no período de transição política que se vive desde o golpe de 12 de abril de 2012. 

As eleições gerais que decorrem entre 07 às 17 horas (horas locais), figuram 13 candidatos para a cadeira presidencial e 15 partidos pretendentes à lugares no parlamento e chefia do governo, num total de 750 mil eleitores chamados às urnas, para a escolha dos seus futuros responsáveis. 
De acordo com a ONU, 80 por cento da população vive com menos de um dólar por dia e país figura entre os mais pobres do mundo.

Contudo, a população e a comunidade internacional esperam que o voto de hoje traga a estabilidade no país outrora foi minado pela violência politico-militar e em consequencia vive de uma extrema pobreza.
Rispito.com 13 d Abril de 2014

sábado, 12 de Abril de 2014

 CEDEAO teme problemas com a aceitação dos resultados das eleições de amanha

A Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) teme problemas com a aceitação dos resultados das eleições gerais na Guiné-Bissau, referiu Kabiné Komara, dirigente da missão de observação eleitoral.

Kabiné Komara é antigo primeiro-ministro da Guiné-Conacri, que integra numa equipa de 200 observadores dos restantes 14 países da CEDEAO que estão na Guiné-Bissau.

CPLP espera que Guiné-Bissau saia da "agenda dos problemas" após as eleições

O secretário executivo da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Murade Murargy, disse ontem esperar que a Guiné-Bissau saia da "agenda dos problemas" após as eleições, criando um cenário propício ao desenvolvimento económico e social

"A minha vontade e determinação é que a Guiné-Bissau saia da agenda dos problemas em que tem estado sempre presente na agenda das nossas reuniões e passe a figurar como caso de sucesso. Estaremos a participar no restabelecimento da sua democracia, da sua paz, esperando que a paz e estabilidade deixe de ser preocupação para os nossos oito países, que se devem ocupar de questões de desenvolvimento económico e social", disse à Lusa.

sexta-feira, 11 de Abril de 2014

Nuno Nabiam e Simões Pereira posicionados para liderar os destinos da Guiné-Bissau

Domingos Simões Pereira        Nuno Gomes Nabiam

Na reta final da campanha eleitoral, as tendências de voto indicam que o futuro do país deverá ser liderado por duas caras da nova geração guineense: Nuno Nabiam, na Presidência, e Domingos Simões Pereira na Chefia do Governo, os mais bem colocados para vencer as eleições Gerais de 2014.

Nuno Nabiam era, até há pouco tempo, um elemento estranho à política guineense. Oriundo da Aviação Civil, organismo que liderava, Nabiam era de início acusado por muitos de ser apenas uma «marioneta» de Koumba Yalá, ex-líder do PRS recentemente falecido.

quinta-feira, 10 de Abril de 2014

Comunicado á imprensa
A Cruz Vermelha da Guiné-Bissau é uma instituição de carácter humanitária, que inspira na realização das suas actividades nos princípios do Direito Internacional Humanitário e age no respeito dos princípios fundamentais do movimento Internacional da cruz vermelha que são: 
Humanidade, Imparcialidade, Neutralidade, Independência, Voluntariado, Unidade, Universalidade.

O papel das Forças Armadas 

Carmelita Pires, lídera da PUSD fala das Forças Armadas nesta fase crucial do país, da importancia do entendimento dos atores politicos, classe militar e toda a sociedade civil.
Numa explicação detalhada que vem escrito no site oficial do poartido, a Drª Carmelita pires disse: 

Face aos múltiplos sinais de preocupação, que nos chegam pelas mais diversas vias e se manifestam de variadas formas, tanto interna como externamente, quanto ao papel das Forças Armadas, no decurso do ato eleitoral que se realizará no Domingo e no período pós-eleições, senti a necessidade de me pronunciar sobre o assunto.

quarta-feira, 9 de Abril de 2014

Eleitores dizem estar cansados de ouvir promessas

Eleições Guiné Bissau 2014 - cartaz JOMAV (VOA)A cinco dias daquelas que são para observadores, políticos e cidadãos comuns as mais importantes eleições da história da Guiné-Bissau através das comissões regionais de eleições, alguns eleitores revelaram à Voz da América o que esperam dos candidatos.

Os guineenses ouvidos pela Voz de América querem que os candidatos presidenciais e legislativos priorizem e falassem mais sobre os sectores da educação, saúde e ainda o da economia.

Paramilitares e militares votam a 10 de Abril

Elementos da Polícia de Ordem Pública (POP), da Guarda Nacional e das Forças Armadas, num total de 1.900 efectivos, votam antecipadamente amanha, quinta-feira 10 de Abril para as eleições Gerais na Guiné-Bissau que decorrem este Domingo, 13 de Abril.

«Todos os efectivos que irão garantir segurança nas Mesas das Assembleias de Voto, bem como o acompanhamento das urnas a partir das Comissões Regionais de Eleições (CRE´s) para locais de votação e vice-versa, deverão votar na quinta-feira, 10 de Abril», referiu à PNN Samuel Fernandes, porta-voz do Comandado Conjunto de Asseguramento do Processo Eleitoral em curso no país.

aconselha Simões Pereira a formar o Governo «desde já»

O candidato Presidencial suportado pelo Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde, José Mário Vaz, instou, esta terça-feira, 8 de Abril, o Presidente do PAIGC a formar o seu Governo desde já, justificando que até 14 de Abril o tempo vai ser muito escasso para Domingos Simões Pereira.

Falando durante a cerimónia de lançamento do programa eleitoral do PAIGC e do Manifesto eleitoral do candidato desta formação política à Presidência da República, José Mário Vaz

CEDEAO pede "sacrifícios" aos líderes partidários

Amos Sawyer
O chefe da missão de observadores eleitorais da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO), Amos Sawyer, pediu aos líderes partidários da Guiné-Bissau que estejam prontos para fazer sacrifícios em prol do país.

"Peço a todos os líderes partidários que estejam prontos para fazer sacrifícios pelo interesse superior do país, quer ganhem ou percam as eleições", referiu numa declaração aos jornalistas no aeroporto de Bissau ao chegar ao país.
O pedido tem por objetivo permitir que "o novo governo consiga impulsionar a integração nacional e o desenvolvimento socioeconómico sustentado para a Guiné-Bissau".
Lusa 08 de Abril de 2014