quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Nove clandestinos da Guine Conakry quarentados em Gabú

Com medo de chagada de epidemia de ébola na Guiné-Bissau, nove pessoas provenientes da Guiné Conakri e que entraram de forma clandestina no país estão quarentados na hospital regional de Gabú.
Segundo as informações, os mesmos não apresentam sintomas que manifestam sinais de infecção de ébola, mas todas as nove personalidades em causa vão manter quarentados durante vinte e um dias, período correspondente a tempo de incubação dos vírus de ébola.
É de recordar que a Guiné-Bissau fechou as fronteiras com a Guiné Conakry como medida de prevenção da entrada de ébola no país
RDP África, 27 de Agosto de 2014

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público