terça-feira, 15 de março de 2016

Estudantes exigem fim da greve nas escolas publicas

Os estudantes guineenses movidos na Confederação Nacional dos Estudantes (CONAIGUIB), realizaram esta terça-feira uma marcha pacífica cuja rota começou na sede da ANP e culminou a frente do ministério da Educação Nacional, exigindo das autoridades o fim da greve nas escolas públicas do país que decorre de 07 ao 18 de Março, decretada pelo Sindicato Democrático dos Professores (SINDEPOF). 

Os docentes exigem do Governo, o aumento salarial de 172 mil francos cfa, como salário base no sector do ensino, pagamento dos subsídios e outras regalias. 

A classe estudantil acusa os responsáveis do sector do ensino de falta de diálogo na resolução do problema e promete sair mais vezes nas ruas até que as exigências forem satisfeitas.
Rispito.com/Lai Balde-correspondente, 15-03-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público