segunda-feira, 21 de março de 2016

PGR nega ter notificado Carmen Pereira

Depois da reação da veterana do PAIGC, Carmen Pereira perante alegada notificação do Ministério Publico, a Procuradoria Geral da Republica vem dizer que nao mandou e nem vai mandar nenhuma notificação a essa combatente da liberdade da pátria.

Segundo a Procuradoria Geral de Republica, a notificação dirigida a Carmen Pereira e a outros beneficiários é do Tribunal com data de Dezembro e que só entregue na passada quinta-feira, o que neste caso, não tem nada a ver com o Ministério Publico.

Em comunicado de imprensa, o Ministério Público declara que a notificação judicial dirigida a esta histórica dirigente do PAIGC, é da Vara Cível do Tribunal Regional de Bissau, por isso, assinada por uma Juíza de Direito.

No entanto, segundo a mesma nota “o processo em causa correu o seu trâmite normal no Gabinete de Advocacia de Estado", procedimento após o qual o Ministério Público o submeteu, a 23 de Novembro de 2015, "ao Tribunal Regional de Bissau para efeitos de julgamento".

Assim, Ministério Público vem tranquilizar a todos, garantindo que sendo fiscal da legalidade e titular da ação penal, enquanto advogado do Estado sempre cumprirá  com o papel que lhe é reservado pelas leis em vigor no país.
Rispito.com, 21-03-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público