segunda-feira, 8 de agosto de 2016

PAIGC condiciona sua participação numa eventual sessão parlamentar neste momento

Ainda continua acesa a polémica no que respeita ao necessário agendamento da plenária

de ANP para uma eventual aprovação ou não do Programa do Governo sob a liderança de Baciro Djá.

Embora sendo pertinente este agendamento do parlamento guineense para a discussão e votação do programa de governo, mas a bancada do PAIGC condiciona a sua participação numa eventual agenda de ANP nesta devida altura, só e somente, mediante duas condições:
  • Libertação imediata e incondicional do deputado do PAIGC Gabriel Sow
  • Demissão do atual Procurador Geral da Republica, Antonio Sedja Man

Esta posição foi conhecido hoje, 08 de Agosto, na voz do Secretario Nacional do partido Aly Hijazi, isso depois de um encontro com o presidente do parlamento guineense Cipriano Cassama.

Aly Hijazi, justificou a razão que levou a direção do seu partido pedir a demissão do PGR é devido ao grande lentidão se não desinteresse aos problemas que dizem respeito o PAIGC, mas sempre que for algo prejudicial ao partido ele agi com muita prontidão e rapidez.
Para terminar, a direção do partido reforça que o governo de Baciro Dja caiu na ilegalidade desde dia 02 do corrente, pelo que pedem o PR a coerência em termos de decisão e a rápida demissão deste governo
Rispito.com, 08/08/2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público