terça-feira, 6 de setembro de 2016

Inácio Tavares reage a ameaça de destituição do Cipriano Cassamá do cargo na ANP

Na sequência da conferencia de imprensa dada no dia 5 de Setembro pelo agrupamento do PRS, PND e "os 15", o assessor de imprensa do presidente do parlamento guineense, Inácio Tavares, reagiu hoje 6 de Setembro através de um comunicado, garantido que esse grupo nao tem nenhum mecanismo legal para destituir Cipriano Cassama.

Inácio Tavares disse que, quer avisar a memoria dos porta-vozes do coletivo, que o mandato do presidente e da mesa da ANP é pela força do disposto nº 2 do Atgº 84 da constituição da republica e conjugados com o Artgº 22 do regimento para toda a legislatura e que so em caso de verificação dos pressupostos previstos no Artgº 23 do regimento é que se pode falar da substituição definitiva.

Conforme Tavares, ate neste momento, não se encontra nenhuma situação enquadrável do comportamento do presidente da ANP, porque o mesmo orienta o seu comportamento no respeito escrupuloso da lei.

Inacio Tavares acusa ainda o grupo de andar a intoxicar a sociedade guineense  com informações falsas, ao dizer que está a ganhar contornos perturbantes a frustração que assola os politicos de PRS, PND e "Os 15" que hajam em representação deste coletivo as suas permanentes inverdades, cansando os ouvidos da população com informações contidas numa estrategia velha e caduca,quando tentam responsabilizar o Presidente e Vice-presidente pelo curso de nao ação politica da ANP.

Para finalizar, Tavares disse convém salientar que, Assembleia Nacional Popular é um órgão de funcionamento ininterrupto e que se encontra neste preciso momento no auge da sua atividade quotidiana, quer no âmbito politico através da sua comissão permanente, bem como das suas comissões especializadas.
Rispito.com, 06/09/2016


Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público