segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Cidadãos Inconformados reiteram vontade de afastar JOMAV

Os jovens do Movimento de Cidadãos Conscientes Inconformados (MCCI) com a crise Política na Guiné-Bissau, voltaram a afirmar a sua determinação de ver partir da presidência do país José Mário Vaz, que acusam de ser o responsável pelo impasse político.

O advogado Sana Canté é o presidente do Movimento que reagrupa essencialmente jovens que não concordam com a crise política. Este afirmou nomeadamente que "o presidente da República tem que renunciar das suas funções porque revelou ser incapaz de meter fim à crise que ele criou".

Na quarta-feira, o Movimento de Cidadãos Inconformados com a Crise Política, terá uma audiência com uma delegação da comissão dos assuntos políticos da ONU que se encontra de visita a Bissau. Será ocasião para que o Movimento transmita à ONU que a solução da crise guineense passa necessariamente pela renúncia do Presidente José Mário Vaz.

Os jovens do Movimento prometem intensificar a luta e anunciam uma manifestação já no próximo sábado em Bissau. Esta segunda-feira o Movimento fez seguir para o tribunal da CEDEAO uma queixa-crime contra o Estado guineense que acusa de proibir as manifestações dos Cidadãos Inconformados com a Crise Política.
Rispito.com/RFI, 05-12-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público