segunda-feira, 6 de março de 2017

REUNIÃO DO CONSELHO DE ESTADO TERMINOU SEM ENTENDIMENTO

Terminou a reunião do Conselho de Estado convocado pelo Presidente da Republica, para debater sobre a actual conjuntura politica a luz dos últimos acontecimentos, nomeadamente, o chumbo de Comissão Permanecente da ANP sobre o agendamento de sessão parlamentar do debate e votação do Programa do Governo
A reunião que decorreu a porta fechada durante um pouco mais de três horas de tempo, mas sem surpresas, não houve entendimento nesse encontro segundo alguns membros participantes.

Conforme o presidente do parlamento, Cipriano Cassama, a reunião do Conselho de Estado  serviu apenas para ouvir o desfilar de insultos entre alguns membros, ou seja, alguns lideres a insultar o presidente do PAIGC e o próprio presidente do parlamento.

Não obstante, segundo Cipriano Cassama ele foi convidado só para assistir desrespeito... Mas, mesmo na base  destes insultos no decurso da reunião do Conselho de Estado, ele conseguiu apresentar ao José Mário Vaz a proposta para a saída desse crise ou do desbloqueio do parlamento, sem especificar os pontos constantes dessa proposta aos jornalistas

Por seu lado, Vitor Mandinga na qualidade de porta-voz dessa reunião do conselho de estado, disse que para a implementação do acordo de Conacri, o factor mais importante é o retorno "dos 15" à PAICG, pois segundo ele, sem isso será muito difícil o país sair dessa crise.
Ainda na mesma linha, Vitor Mandinga referiu a questão de chegada a hora de todos os políticos porem a mão na consciência e de pensarem em tudo fazer para o bem do país e povo em geral, sobretudo na resolução das divergências internas sem intervenção das individualidades terceiras ou países externos.
Rispito.com, 06-03-2017

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público