terça-feira, 12 de março de 2019

Célula de Monitorização diz que legislativas decorreram de forma positiva

A imagem pode conter: 11 pessoas, pessoas a sorrir, multidão e ar livreA Célula de Monitorização das Eleições da Guiné-Bissau, integrada por cinco organizações da sociedade civil guineense, considerou que as legislativas de domingo decorreram de forma "muito positiva", numa clima de civismo e paz.

"As eleições foram justas, livres e transparentes e um processo decorreu num clima de paz e de civismo", afirmou Fernando Gomes, presidente da câmara de decisores da Célula de Monitorização das Eleições.

Mais de 761 mil eleitores guineenses foram domingo chamados às urnas para escolher os novos representantes do parlamento do país entre os candidatos apresentados por 21 partidos políticos.

"A avaliação às eleições legislativas é muito positiva na medida em que todo o processo eleitoral decorreu num clima de paz, houve contenção entre os candidatos, apesar de pequenos incidentes, mas no essencial os cidadãos guineenses demonstraram um ato sentido de patriotismo porque fizeram do processo eleitoral uma festa de democracia", disse.

Fernando Gomes, que falava aos jornalistas depois da apresentação da declaração preliminar da célula, salientou que "houve muita afluência dos eleitores às urnas de voto".

"Estas eleições foram coroadas de êxito e o povo da Guiné-Bissau está de parabéns e oxalá possamos manter esta postura nos próximos atos eleitorais", concluiu.

A Célula de Monitorização das Eleições foi financiada pela União Europeia e pelo Fundo da Consolidação da Paz da ONU e teve, domingo, no terreno, 420 monitores a constatar eventuais ocorrências que pudessem colocar em causa o dia das eleições.

A Comissão Nacional de Eleições anunciou hoje que irá divulgar quarta-feira os resultados provisórios das legislativas.
Rispito.com/Lusa, 12-03-2019

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público