quinta-feira, 25 de abril de 2019

Permanece impasse na Assembleia Nacional

Depois de os líderes dos partidos com assento parlamentar terem terminado ontem o seu encontro sobre um impasse relativamente à designação das entidades dirigentes da nova assembleia nacional popular, o impasse manteve-se hoje durante a sessão plenária dos deputados, a crispação tendo sido de tal ordem que os parlamentares da oposição acabaram por abandonar o hemiciclo.

Crispação total no novo parlamento guineense. Os deputados das bancadas de partidos da oposição, Madem e PRS abandonarem a sala do hemiciclo.

Dizem que não concordam com a forma como os partidos da maioria parlamentar estão a conduzir o processo para escolha, por votação, dos dirigentes da mesa parlamentar.

Em causa, estão os lugares de 2º vice-presidente e do 1º secretário do parlamento.

O Madem e o PRS prometem agora avançar para o tribunal. É o que afirmou aqui Braima Camará, coordenador do Madem.

Mesmo com o abandono da sala por parte do Madem e PRS, 48 deputados no total, os da maioria, 54 parlamentares, prosseguiram com os trabalhos e dizem que vão constituir a nova mesa parlamentar e pedir ao Presidente da República que dê posse ao novo primeiro-ministro e consequentemente o seu Governo.
Rispito.com/RFI, 25-04-2019

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público