sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Um acto ignóbil! 

A Liga Guineense dos Direitos Humanos (LGDH) teve acesso ao vídeo que está a circular nas redes sociais que evidencia os maus tratos infligidos a um cidadão nacional suspeito de crime de furto.

No referido vídeo, entre a multidão presente no local da prática deste acto macabro, aparece a imagem duma pessoa que se presume ser Manuel Nascimento Lopes, vulgo Manelinho, deputado da nação, o qual estava na posse de uma garrafa que continha um líquido, que se pensa ser gasolina, que despejava sistematicamente no corpo do suposto ladrão.

O vídeo, no entanto, foi inconclusivo no que diz respeito à sorte final do suspeito. Isto é, não se sabe se foi queimado ou foi entregue à autoridade policial mais próxima.

Contudo, não deixa de ser chocante, repugnante e abominável o ato, independentemente do desfecho final, sobretudo quando a figura de um deputado de nação aparece, supostamente, associada a tamanha crueldade, reveladora de uma ignorância que se pensa expurgada nas sociedades contemporâneas.

A Liga Guineense dos Direitos Humanos está em articulação com a Polícia Judiciária que está a aferir o momento em que essa crueldade possa ter ocorrido.

Vamos continuar a acompanhar o desenrolar da investigação na PJ e exigir que os autores dessa conduta infame sejam identificados e traduzidos à justiça e responsabilizados exemplarmente.
Fonte: LGDH

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público