quinta-feira, 21 de novembro de 2019

Missão de observação eleitoral da CEDEAO espera normalidade no domingo

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e interioresO chefe da missão de observação eleitoral da Comunidade dos Países da África Ocidental (CEDEAO) para as eleições presidenciais na Guiné-Bissau disse hoje esperar que tudo decorra com normalidade no domingo.

"A missão que destacamos com mais de 60 membros fará para que tudo decorra com normalidade”, afirmou o antigo primeiro-ministro do Mali Soumeylou Maiga, chefe da missão de observação eleitoral da CEDEAO, após um encontro com o Presidente cessante guineense, José Mário Vaz.

Segundo Soumeylou Maiga, o objetivo da missão é contribuir para que o "escrutínio decorra com normalidade e conforme o esperado pelos cidadãos e pela comunidade regional e internacional".

"Acho que está tudo a correr bem", incluindo a campanha eleitoral, disse.

"O Presidente [José Mário Vaz] disse que os candidatos se cruzam no terreno, há segurança. Isto são mensagens de apelo à estabilidade, paz, tolerância", notou Maiga, salientando que as eleições deverão decorrer normalmente.

Mais de 700.000 eleitores guineenses são chamados domingo às urnas para escolherem entre 12 candidatos o próximo Presidente da Guiné-Bissau.

Além da CEDEAO, a Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, a União Africana e os Estados Unidos da América também enviaram observadores eleitorais para acompanhar as eleições de domingo.
Rispito.com/Lusa, 21-112019

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público