terça-feira, 8 de março de 2016

Ninguém está acima da lei É preciso estar juntos deixar instituições e partido funcionar.”

“O povo da Guiné-Bissau precisa de um país estabilizado com os seus problemas a serem resolvidos, com um Governo a governar, um Parlamento a exercer de forma cabal o seu papel. É preciso que este parlamento estar sim, resolvermos do parlamento esta capacidade e esta vontade. É o que queremos”.
Opinião do Chefe da Missão da ONU para Bissau, após ter reunido com o PAIGC, PRS, Governo, ANP e o Presidente da República, José Mário Vaz.
Ismael Abrão Gaspar Martins que falava em jeito de balanço no no aeroporto de Bissau, afirmou terem saídos com a primeira conclusão que os guineenses e o povo da Guiné-Bissau ganhou muita maturidade politica que deverá nortear a procura da saída a crise: “ As regras básicas devem ser cumpridas porque ninguém não está acima da lei. É preciso estar juntos deixar as instituições e o partido a funcionar.” disse 
O Embaixador defende que a ONU estão mobilizadas em ver a Guiné-Bissau acertar os passos extremos para que possa permitir alinhar-se e avançar, pôr o país a acrescer porque segundo o diplomata, o que se passa em Bissau não é uma crise apenas um desacerto de posições que deve ser ultrapassado pelos próprios guineenses.
Rispito.com/Lai Balde-correspondente, 07-03-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público