quinta-feira, 24 de novembro de 2016

SUSPENSA A GREVE NAS ESCOLAS PÚBLICAS NA GUINÉ-BISSAU

Depois de afirmação do novo primeiro-ministro Umaro Sissoco Embalo, de que o setor da educação vai ser a prioridade do seu governo como também da garantia de pagamento de todas as dívidas com os professores. Essa confiança valeu a imediata suspensão da greve dos sindicatos da educação.

O primeiro-ministro, que conversou com os dois sindicatos acompanhado de elementos do Governo demitido, comprometeu-se a pagar todas as dívidas de salários e subsídios em atraso o mais tardar até final do primeiro trimestre de 2017.

O ano letivo começou a dia 21 de Setembro, mas ainda não houve porque os professores entraram em greve para reclamar salários e subsídios em atraso, bem como a aplicação do estatuto da carreira docente.
Malam Baldé acredita que Sissoco Embaló, embora ainda não tenha o Governo formado, irá cumprir com os compromissos, senão a greve será imediatamente retomada.
"Fazemos fé nas palavras do atual primeiro-ministro que nos mostrou também que a Educação é a sua prioridade das prioridades. Prometeu-nos que irá resolver todas as nossas reivindicações, para nós isso justifica o levantamento da greve. Mas como disse qualquer falha dessa promessa a greve será retomada" disse.
Rispito.com, 23-11-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público