quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Sem respeito do acordo de Conacri PAIGC estará fora do processo politico

PAIGC estará fora do processo politico enquanto não for aplicado na integra o acordo assinado em Conacri, disse o líder da bancada parlamentar do PAIGC, Califa Seidi.
O líder da bancada parlamentar garante que em consequência dessa posição do PAIGC, o parlamento guineense só pode ser desbloqueado com a existência de um Primeiro-ministro e governo consensual, tal como foi acordado e assinado.

Califa Seidi deixou essas declaraçõe durante um encontro para explicar aos dirigentes e militantes do partido dos resultados da última Cimeira da CEDEAO realizada no passado dia 17 em Abuja (Nigéria).

Tal como se sabe que a posição do PAIGC é de que a nomeação de Umaro Sissoco feita pelo Chefe de Estado, desrespeita totalmente o Acordo de Conacri, razões pelas quais  a CEDEAO também exortou o Chefe de Estado guineense para se conformar com as disposições do Acordo de Conacri.

O politico pede ao  Presidente José Mário Vaz e aos  partidos políticos signatários  a respeitarem os termos do  referido acordo. 
Contudo, garante que PAIGC está com firme determinação de lutar para que haja respeito dos valores democráticos e a idoneidade em cumprimento dos acordos. E com isso, PAIGC conta com a colaboração de todos os partidos e políticos defensores da verdade nessa luta.

Lembra-se que nesta terça-feira, na reunião com partidos políticos e representantes da sociedade civil, José Mário Vaz afirmou  que na recente reunião de Abuja a CEDEAO não pôs em causa, tanto o Primeiro-ministro por ele nomeado nem o governo recém criado e por ele empossado.
Rispito.com, 21-12-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público