quinta-feira, 6 de abril de 2017

Umaro Sissoco saúda oferta espanhola de unidades de fiscalização marítima

Image result for umaro sissoco embaloO primeiro-ministro da Guiné-Bissau, Umaro Sissoco Embaló, saudou  a oferta do governo da Espanha de duas vedetas rápidas para a fiscalização marítima nas águas guineenses.
As duas vedetas foram entregues ao chefe do governo guineense por uma equipa da Guarda Civil espanhola que se encontra em Bissau no âmbito de cooperação para o reforço da capacidade de fiscalização do mar da Guiné-Bissau.
Lourenço Coro, da Guarda Civil espanhola assinalou que, a partir de sexta-feira, as autoridades marítimas guineenses podem começar a utilizar os serviços de assistência técnica de Espanha das duas embarcações e durante um período de três meses.
O responsável espanhol afirmou que as duas embarcações poderão ajudar a Guiné-Bissau a fazer face ao tráfico de produtos ilícitos e ainda emigração clandestina, fenómenos que considerou de "ameaça global".
O primeiro-ministro guineense, Umaro Sissoco Embaló, destacou que as duas vedetas irão aumentar a capacidade operativa das autoridades marítimas do país nomeadamente na fiscalização costeira.
A doação ainda reforça o nível das relações sul-sul entre a Guiné-Bissau e a Espanha, frisou Sissoco Embaló, exortando para um "bom uso" das embarcações batizadas com os nomes de Ocante da Silva e 03 de agosto.
Por razões de segurança não foram divulgados muitos dados sobre as características das duas vedetas rápidas, apenas foi dito que medem 17 metros de comprimento e capacidade para fiscalização no oceano.
As duas vedetas, fabricadas de raiz em Espanha, são movidas por turbinas.
Chegam às águas guineenses dias depois de o Presidente do país, José Mário Vaz, ter anunciado que 90 navios estão a pescar de forma irregular na Zona Económica Exclusiva da Guiné-Bissau.
Rispito.com/Lusa, 06-04-2017

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público