terça-feira, 2 de maio de 2017

PARTIDOS COM ASSENTO NA ANP PEDEM AO PR IMPLEMENTAÇÃO DO ACORDO DE CONACRI 


Um grupo de sete partidos políticos da Guiné-Bissau apelou em conferência de imprensa, para o cumprimento do Acordo de Conacri e para a nomeação de Augusto Olivais como primeiro-ministro do país.
Num comunicado, lido durante a conferência de imprensa, realizada numa unidade hoteleira de Bissau, o grupo dos sete partidos apelou ao Presidente da República, José Mário Vaz, a "imediata nomeação de Augusto Olivais" para o cargo de primeiro-ministro, dando "início à implementação do Acordo de Conacri".
Os sete partidos apelaram também ao Presidente da República, ao Partido da Renovação Social (PRS) e aos deputados dissidentes do PAIGC para "darem prova de patriotismo, vontade política e de seriedade no cumprimento dos compromissos assumidos" no âmbito daquele acordo.
"Aos deputados dissidentes do PAIGC apela-se para uma melhor ponderação da sua posição e ao cumprimento do Acordo de Conacri. Ao PRS apela-se ao retorno à convivência democrática" e à participação nas iniciativas que visem a formação de um governo inclusivo, lê-se no documento.
No comunicado, os partidos felicitaram também a Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental pelo envio a Bissau de uma missão ministerial de avaliação do cumprimento do acordo e por ter exigido o "respeito escrupuloso" do mesmo.
Uma missão da CEDEAO esteve a semana passada em Bissau a avaliar o cumprimento do Acordo de Conacri e deu um mês para a sua integral implementação, sob pena de impor sanções aos políticos que o inviabilizem.
O Acordo de Conacri, para acabar com a crise política no país, prevê a formação de um governo consensual integrado por todos os partidos representados no parlamento e a nomeação de Augusto Olivais como primeiro-ministro.
Quatro dos cinco partidos com assento parlamentar não reconhecem o atual Governo que dizem ser de iniciativa do Presidente do país, José Mário Vaz, e a quem exigem que demita o primeiro-ministro guineense, Umaro Sissoco Embaló.
O PAIGC, Partido da Convergência Democrática (PCD), União para a Mudança (UM), Partido da Nova Democracia (PND), Partido da Unidade Nacional (PUN), Partido de Solidariedade e Trabalho (PST) e o Movimento Patriótico foram as formações políticas que estiveram presentes na conferência de imprensa.


Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público