segunda-feira, 29 de maio de 2017

Comunicado
 A comissão política do PAIGC em Portugal, reuniu-se hoje dia 28-05-2017, com caracter de urgência, sob a presidência do Camarada Carlos Manuel Jamanca, com objetivo de analisar a atual situação politica no país, tendo em conta os últimos acontecimentos.

Profundamente indignados pelo uso da força excessiva por parte das Forças de Defesa e Segurança perante manifestantes indefesos. Profundamente chocados com as orientações do Ministro do Estado e da administração interna Sr. Botché Cande,com o único objetivo de intimidar a Liberdade e o Direito de opinião, garante máximo da cidadania em Democracia. Esta claro que atual Presidente da Republica, deixou cair a mascara, o seu único objetivo é criação de um país de ditadura pura e dura.

Esta mais que evidente que o país caminha à passos largos para o regime totalitário sem qualquer respeito pelo voto popular. JoséMário Vaz jurou cumpri a constituição e fazer cumprir os acordos homologados internacionalmente. Os últimos acontecimentos fizeram cair tudo isto por terra, a pretexto da soberania deixaram de respeitar as leis bem como cumprir os acordos assinados internacionalmente.

Tudo isto não é mais que uma tentativa desesperada de prolongar o país na ilegalidade e a promoção do enriquecimento ilícito, assistindo-se atualmente a banalização do Estado e a destruição massiva dos recursos.

Posto isso comissão a Política decide:
Condenar com veemência as barbaras agressões de forças de Defesa e Segurança
Solidarizar-se com todos os manifestantes agredidos, e em particular com o Camarada IafaiSani, Deputado da Nação para o circulo da Europa e presidente da Comissão Política do PAIGC em Portugal;
Responsabilizar o Senhor Presidente da República José Mário Vaz pela deriva em que o país se encontra;
Apelar P5 (ONU,UE,UA,CEDEAO E CPLP) na firmeza para o cumprimento do acordo de Conacri;
Exaltamos os cidadãos para que se unam e a manterem-se firmes e determinados na defesa dos valores e princípios democrático. Vamos mostrar ao país e ao mundo que a Guiné e o povo guineense estão vivos e vão lutar pela sua liberdade e pelo futuro das gerações vindouras conforme almejado pelo o nosso saudoso líder Amílcar Cabral.
A GUINÉ-BISSAU SOMOS NÓS!
2º Vice-presidente
Carlos Manuel Jamanca

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público