domingo, 18 de junho de 2017

MINISTRO DE INTERIOR GUINEENSE PROMOVE SUA MULHER À BRIGADEIRO-GENERAL

Botche Cande, o conhecido Ministro do Estado e do Interior da Guiné-Bissau,  promoveu a sua mulher Adja Satu Camara, mais conhecida por  "ANA" entre os guineenses, à Brigadeiro-General.

Com essa promoção, historicamente, a Ana passa ser a primeira mulher guineense a ostentar esta patente policial ao nível das forcas de defesa e de segurança na Guiné-Bissau. 
Conforme noticiou e-Global, a oficialização da promoção de "Ana" já foi anunciada no 2° Suplemento do Boletim oficial Numero 2, do dia 31 de maio 2017.

Lê-se no mesmo documento, que as promoções a oficiais generais que compreende ao posto de comissario é possível mediante despacho conjunto entre o primeiro-ministro com ministro da tutela, conforme consta na Lei Organica da Policia de ordem Publica (POP), numero 9/2010 de 22 de Junho no seu artigo 44 numero 2. 
Com esta promoção, a oficial da policia saltou da patenteada Tenente-Coronel, sem passar pela patente de Coronel, para a patente de Brigadeiro-general. 

O mesmo documento refere que também foram promovidos a Brigadeiros generais José Antonio Marques, antigo Comissario Nacional da Policia de ordem Publica. Celso de Carvalho atual Comissario Nacional da POP Ansumane Na Sanha, Cranha Danfa. antigo Comandante das operações da Guarda Nacional e Arafam Mane, atual Diretor-geral dos Assuntos Sociais do Ministério do Interior. Todos estes possuíam patentes de coronéis. outra promoção a Brigadeiro-general, prende-se com a do atual Diretor-geral de Logísticas do Ministério do Interior, Mutaro Djalo.
Rispito.com/e-Global, 17-06-2017

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público