terça-feira, 26 de dezembro de 2017

Natal na Guiné Bissau

A quadra festiva do natal  foi marcado pela crise política com consequência sobre as condições de vida da população guineense. As mensagens dos representantes da Igreja Católica foram no sentido de uma maior unificação da Nação.

Na sua tradicional missa do Galo, o Bispo de Bissau, Dom José Camnaté, aproveitou a ocasião para chamar a atenção aos guineenses sobre a lógica de divisão que disse estar em curso país. Dom José Camnaté considerou ainda que apesar de ser perceptível que Deus gosta da Guiné-Bissau, volvidos mais de 40 anos após a independência, ainda não se construiu uma verdadeira nação guineense.Eis as declarações do Bispo de Bissau, Dom José Camnaté divulgadas pela RFI
Rispito.com/RFI, 26-12-2017

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público