quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

NOTA DE IMPRENSA
O Partido Democrático para o Desenvolvimento – PDD manifesta, atento à situação política e social que já se arrasta há mais de dois ano e que tem vindo a degradar-se a olhos nus e perante os últimos acontecimentos registrados na praça dos Heróis Nacionais e na sede do PAIGC decide:
1 – Condenar veemente a atitude vergonhosa das autoridades policiais ao mando do demissionário Ministro do Interior, de impedir a realização do congresso do PAIGC, adulterando assim o seu papel de garantir a ordem pública.
2 – Responsabilizar o Presidente da República, enquanto chefe do Governo demissionário pelas consequências que poderão advir deste acto ignóbil, cobarde e anti-patriótico exercido contra os militantes do PAIGC na própria sede.
3 – Reiterar sua solidariedade indefectível para com o PAIGC, a sua Direção e todos os seus militantes, encorajando-os à cerrar fileiras para a salvaguarda da Democracia na Guiné-Bissau.
4 – Apelar a comunidade Internacional, particularmente os P5 a darem provas do seu apego aos valores democráticos, à justiça, a verdade e a aplicação de princípios consagrados no Direitos Internacional.
O PDD defende, tal como fez desde o início da crise, que a única saída possível é a convocação de eleições gerais, porque o Presidente é parte e nunca soube estar à altura das suas responsabilidades.
Feito em Bissau, aos 31dias do mês de Janeiro de 2018.
                                                                         A Comissão Política Nacional

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público