segunda-feira, 16 de abril de 2018

ARISTIDES GOMES É MAIS UM EMPOSSADO PM DE GUINÉ BISSU 

Aristides Gomes foi empossado como 7º primeiro-ministro numa única legislatura sufragada  em 2014, isso  depois de o presidente guineense o ter nomeado por decreto para a chefia do Governo.

O nome de Aristides Gomes foi o escolhido no último fim-de-semana, em Lomé (Togo), na Cimeira de Chefes de Estados da CEDEAO, que tinha como ponto da agenda encontrar uma solução para a saída da crise político-institucional que a Guiné vive há mais de dois anos.

O novo Primeiro-Ministro tem a missão de formar um governo de consenso como manda o acordo de Conacri, de forma proporcional, tendo em vista o número de lugares conquistados pelos partidos no parlamento e realizar eleições legislativas.

A Assembleia Nacional Popular vai reabrir nesta terça-feira, 17 de abril, e a Comissão Permanente vai reunir para agendar a sessão extraordinária para 19 de Abril. A sessão vai eleger uma nova direção da Comissão Nacional de Eleições e prorrogar a legislatura para novembro, mês acordado em Lomé para a realização de eleições legislativas que terão lugar no dia 18.

As sanções impostas a 19 personalidades ainda se mantêm. O levantamento do castigo vai depender dos partidos e da comissão de avaliação de sanções da CEDEAO que virá ao País dentro de duas semanas para constatar a implementação das resoluções da Cimeira.

Segundo o PAIGC e o PRS estão criadas as condições para a normalidade constitucional na Guiné-Bissau.

Rispito.com, 16-042018

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público