sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Aristides Gomes admite possibilidade de adiamento das legislativas

O Primeiro-Ministro bissau-guinense, Aristides Gomes, admitiu nesta quinta-feira, em Bissau, a possibilidade de um adiamento das eleições legislativas previstas para Novembro, nesse país lusófono da África do Oeste, noticiou a Prensa Latina.

O governante admitiu essa possibilidade em resposta aos parlamentares sobre questões de governação, nomeadamente sobre a inscrição dos eleitores nas listas eleitorais.

Para o chefe do governo, o atraso registado na chegada do material de registo dos eleitores poderá atrasar à realização das eleições legislativas, tendo sugerido, como solução flexível, as posições dos partidos políticos, nomeadamente no que concerne ao mode de inscrição dos eleitores.
Aristides Gomes rejeitou as críticas de certos políticos que acusam o executivo de violar os prazos eleitorais previstos na lei.

Antes da intervenção do Primeiro-Ministro, o presidente da Assembleia nacional, Cipriano Cassama, afirmou que partilha as preocupações ligadas ao início da inscrição dos eleitores.

Por seu turno, o deputado Certorio Biote, chefe do grupo parlamentar do Partido de Renovação Social (PRS, oposição), solicitou ao governo a respeitar as normas jurídicas do processo de inscrição dos eleitores.

De igual modo, o Colectivo dos partidos democráticos solicitou ao executivo a apresentar o tr abalho já realizado para uma eventual realização das eleições legislativas.
Essas legislativas constituem uma base essencial dos acordos de saída da crise na Guiné-Bissau.
Rispito.com/Angop,10-08-2018

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público