quarta-feira, 3 de outubro de 2018

Novo Plano de Combate ao Tráfico de Drogas

"A elaboração do novo Plano de Combate ao Tráfico de Drogas reveste-se de importância acrescida, pois, vai de encontro às preocupações do Governo, traduzidas no seu programa de governação, no qual, figura como um dos eixos prioritários, o reforço das competências nacionais para os grandes desafios de combate ao crime transnacional organizado", afirmou o ministro da Justiça Iaia Djalo.

Segundo Iaia Djaló, a Guiné-Bissau tem visto a sua imagem afetada negativamente pelo tráfico de droga e o "Governo pretende coordenar os esforços nacionais e internacionais no combate ao tráfico de droga para assegurar a tranquilidade e a segurança pública".

O ministro salientou também que a "estratégia de combate ao narcotráfico" deve dirigir-se a um amplo conjunto de atividades que integram o crime organizado, como o branqueamento de capitais, corrupção, tráfico de armas e ainda as "organizações terroristas".

"O último plano operacional de combate ao tráfico de droga expirou em 2014 e desde então não tinha sido feito outro", explicou o diretor-adjunto da Polícia Judiciária guineense, Domingos Correia.

Domingos Correia, que integra a comissão que vai elaborar o novo plano, disse que a comissão vai elaborar um instrumento sobre a visão das autoridades da Guiné-Bissau para o combate ao tráfico de droga.

Essa visão, afirmou, inclui uma abordagem mais ampla que envolva também a sociedade civil e, por exemplo, os problemas de saúde pública.

Em setembro, o Conselho de Segurança das Nações Unidas manifestou preocupação com o tráfico de droga e crime organizado na Guiné-Bissau e pediu um reforço do apoio internacional para o seu combate. 
Rispito.com/Lusa, 03-10-2018

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público