terça-feira, 29 de outubro de 2019

CPLP em consultas internas para tomar posição

CPLP em consultas internas para tomar posição -- Presidência
O chefe da Diplomacia de Cabo Verde, Luís Filipe Tavares, anunciou hoje à Lusa uma consulta político-diplomática entre os Estados-membros da CPLP sobre a crise política na Guiné-Bissau e face às suas "consequências imprevisíveis".


"Cabo Verde, na qualidade de país que detém a presidência 'pro-tempore' da CPLP [Comunidade dos Países de Língua Portuguesa], acompanha com redobrada atenção e preocupação a grave situação de mais uma crise política, de consequências imprevisíveis, agora aberta com a demissão do Governo da Guiné-Bissau", refere, numa declaração à Lusa, o ministro dos Negócios Estrangeiros e Comunidades.

Luís Filipe Tavares, que é também presidente em exercício do Conselho de Ministros da CPLP, refere ainda consultas internas antes da tomada de posição da organização.

"Estamos a proceder a uma consulta político-diplomática a nível dos Estados membros, com vista a uma tomada de posição clara sobre esta matéria", acrescenta o governante.

O Presidente da Guiné-Bissau, José Mário Vaz, demitiu na segunda-feira, por decreto, o primeiro-ministro Aristides Gomes, que, no entanto, anunciou que estava hoje no Palácio do Governo a trabalhar normalmente e já antes de ser demitido tinha considerado que o Conselho de Estado convocado pelo Presidente estava "caduco" e não tinha legitimidade.
Rispito.com/Lusa, 29-10-2019

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público