quinta-feira, 10 de outubro de 2019

Grandes expetativas têm sido goradas por comportamento de políticos

A imagem pode conter: 1 pessoa, a sorrir, barba e closeupO economista guineense Carlos Lopes disse hoje, em Lisboa, que as grandes expetativas geradas pelas eleições na Guiné-Bissau acabam goradas pelo comportamento dos políticos, admitindo que o cenário se repita nas presidenciais de 24 de novembro.
"Têm trazido sempre grandes expetativas que depois são goradas por causa do comportamento de alguns atores políticos", disse Carlos Lopes.
O economista adiantou que o próximo "processo eleitoral tem alguns elementos que podem permitir estabilidade", mas ressalvou que "isso não é garantido".
"Depende muito do comportamento dos atores políticos", reforçou.
O representante da União Africana para as negociações com a União Europeia comentava hoje, instado pelos jornalistas, em Lisboa, à margem de uma conferência sobre os desafios da agenda para África, as próximas eleições presidenciais na Guiné-Bissau, marcadas para 24 de novembro.
Questionado sobre os receios manifestados recentemente pelo ex-Presidente da Nigéria e antigo mediador para a Guiné-Bissau Olusegun Obasanjo de que, em caso de derrota, o atual chefe de Estado se recuse a deixar o poder, Carlos Lopes rejeitou a ideia de uma escalada da situação.
"Não vamos chegar a uma escalada, porque já estamos bastante baixos no patamar. O que se pode antecipar é que a Guiné-Bissau precisa de uma estabilidade que é difícil de conseguir através das instituições que tem neste momento", disse.
"Temos que passar por um processo de reformas muito ambiciosas e espero que tenham lugar o mais depressa possível.
Rispito.com/Lusa, 10/10/2019

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público