segunda-feira, 10 de fevereiro de 2020

Secretário-geral ONU diz esperar conclusão do processo eleitoral na Guiné-Bissau


O secretário-geral das Nações Unidas afirmou, em Adis Abeba, por ocasião da cimeira da União Africana, que a organização está aguardando, de forma serena, a conclusão do processo eleitoral na Guiné-Bissau.

Após o segundo turno da eleição presidencial, em Dezembro, a Comissão Eleitoral da Guiné-Bissau deu vitória ao candidato Umaro Sissoco Embaló, com mais de 53% dos votos válidos. Mas o anúncio foi contestado pelo candidato adversário,  Domingos Simões Pereira, no Supremo Tribunal do país, na última quarta-feira.

António Guterres foi perguntando sobre o impasse das eleições guineenses durante um encontro com jornalistas, em Adis Abeba, na Etiópia. 

“O impasse e a crise política foi naturalmente algo que nos preocupou profundamente, que durou muito tempo. É, no entanto, preciso reconhecer que a Guiné-Bissau tem atravessado crises políticas, mas tem evitado que elas se transformem num conflito armado ao contrário do que aconteceu em muitos outros países. Portanto, nesse aspecto, eu quero prestar uma homenagem ao povo guineense, que é um povo que tem revelado com todas essas complicações políticas um grande bom senso. 
Em segundo lugar: neste momento, há um processo pendente. E nós aguardamos, serenamente, os resultados desse processo para que o processo eleitoral seja dado por concluído. E por isso, as Nações Unidas não tomarão, para já, qualquer iniciativa, esperando a decisão final.
Rispito.com/Africa 21, 10-02-2020


Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público