sexta-feira, 15 de maio de 2020

Madem, PRS e APU-PDGB assinaram um acordo de incidência parlamentar

Na Guiné-Bissau os partidos Madem, PRS e APU-PDGB assinaram nesta sexta-feira 15 de Maio um acordo de incidência parlamentar.

Os partidos Madem, PRS e APU-PDGB dizem que constituem uma nova maioria no Parlamento. Agora vão remeter o acordo para o Supremo Tribunal de Justiça e ao Presidente guineense, Umaro Sissoco Embaló.

Jorge Mandinga, dirigente do partido APU-PDGB, em declaraçoes recolhidas pelo nosso correspondente mussa Baldé, diz que já não há mais dúvidas sobre a maioria no parlamento guineense.

Refira-se ainda que na semana passada, um outro grupo de partidos, encabeçados pelo PAIGC dizia ter a maioria no parlamento guineense, logo com capacidade para liderar a governação do país.
Rispito.com/RFI, 15-05-2020

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público