quarta-feira, 20 de maio de 2020

Sissoco Embaló, quer governo de unidade nacional

Umaro Sissoco Embaló, presidente da Guiné Bissau, quer um governo de unidade nacionalO Presidente da Guiné Bissau, Umaro Sissoco Embaló, chamou os partidos com assento parlamentar para lhes dizer que o país vai ter que ter um novo Governo. Mas, pediu aos partidos que tentem alcançar o máximo de consenso possível para que haja uma espécie de Governo de Unidade Nacional.
Umaro Sissoco Embaló, chamou os partidos com assento parlamentar para lhes dizer que o país vai ter que ter um novo Governo.

Mas, o Presidente pediu aos partidos que tentem alcançar o máximo de consenso possível para que haja uma espécie de Governo de Unidade Nacional que desse corpo a um conjunto reformas necessárias no país, a começar pela reforma constitucional.

Após as auscultações, as posições entre os dois blocos de partidos parlamentares eram claras mas distintas.

O PAIGC defendia que por ter sido o vencedor das últimas eleições legislativas, embora com uma maioria relativa, deve liderar o próximo Governo, em cumprimento dos ditames da CEDEAO.

O outro bloco de partidos, Madem G-15, PRS e APU-PDGB diz que qualquer Governo a ser formado deve ser dirigido por eles por serem a nova maioria no parlamento.

Este grupo de partidos desafia quem quer provar o contrário a avançar para qualquer debate no parlamento.

A palavra cabe agora a Umaro Sissoco Embaló que tem até sexta-feira para publicar o seu decreto.

Fontes do palácio disseram à RFI que Sissoco Embaló quer, em primeira linha, um Governo de amplo consenso, integrado por tecnocratas, mas se tal não for possível deverá avançar para a dissolução do parlamento.
Rispito.com/RFI, 20-05-2020

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público