quinta-feira, 10 de março de 2016

Deputados expulsos denunciam incumprimento da decisão do Tribunal Regional de Bissau 

Os 15 deputados expulsos do PAIGC denunciaram hoje que a Mesa da Assembleia Nacional Popular e as forças policiais do país não respeitam a decisão do despacho do juiz do Tribunal Regional de Bissau que ordena a retomada do grupo na ANP.
Isto numa clara alusão de restrição que o grupo de 15 dissidentes é alvo no Parlamento guineense nos últimos dias. 
Soares Sambu, um dos membro do grupo, disse apesar da ANP e o PAIGC terem sido notificados da decisão desta instância judicial, continuam a recusarem a cumprir a decisão do tribunal, numa clara violação às leis do país. Por isso, o político sublinha que o juiz Lassana Camará deve seguir o cumprimento do seu despacho para fazer valer a lei para que possam retomar os seus respetivos lugares no Parlamento. 
Recordamos que após o desacato registado na ANP, “portas violadas, salão plenário invadido”, a Mesa da ANP reforçou as medidas de segurança colocou mais um efetivo policial tendo fechado o portão traseiro do edificio, mantido o rigor no controlo à entrada no hemiciclo guineense.
Rispito.com/Lai Balde-correspondente, 10-03-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público