sábado, 12 de março de 2016

Produto alimentar fora de prazo incinerado

Cinco toneladas de farinha trigo e quatro toneladas de diversos produtos fora de consumo humano, foram este sábado incineradas na vila de Ingoré, região de Cacheu, pelas autoridades do ministério do Comercio e Artesanato.
Os produtos fora do prazo, foram retirados nos estabelecimentos comerciais do Norte do país, por forma a garantir uma vida saudável à população da Guiné-Bissau. 
Os produtos inválidos são vendidos em pleno luz do dia nos mercados da capital Bissau, ainda visíveis homens com carrinhas de mãos com produtos fora do consumo humano a circularem nas estradas, nos passeios, alguns pousados debaixo de árvores a comercializar os produtos que só prejudicam a saúda da população.
Uma situação bastante perigosa para a saúde publica cujo o saneamento é da responsabilidade do governo e que requer uma intervenção rápida.
Rispito.com/Lai Balde/correspondente, 12-03-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público