quarta-feira, 6 de abril de 2016

PAIGC vai acatar e respeitar a decisão do STJ

PAIGC reagiu a decisão do STJ, com afirmações de que vão aceitar e respeitar o acórdão judicial divulgado nesta terça feira, 05 de Abril, concernente a anulação da decisão da Comissão Permanente da ANP de expulsar os 15 deputados e a respetiva perda de mandatos.

Numa conferencia de imprensa proferida hoje, 06 de Abril, o presidente do partido, Domingos Simões Pereira, disse que o cumprimento das leis e das deliberações de órgãos competentes não é uma opção do PAIGC, mas sim uma obrigação que o partido vai cumprir.

Contudo, DSP disse que vai pedir esclarecimento aos aspectos que parecem duvidosos e contraditórios as leis vigentes no país com o enfoque a categoria do deputado independente. Ou seja, desde que os 15 agora devem regressar ao parlamento, desde que são expulsos do PAIGC, desde que já mais vão  pertencer  a bancada desse partido e é sabido que não pertencem a nenhuma outra formação politica do país. Então DSP disse que acha justo e pertinente pedir a justiça guineense uma explicação para dissipar esse imbroglio e de que forma eles podarão ser incorporados nas sessões parlamentares.

Mais uma vez, o presidente do PAIGC repisou sublinhando que nesta legislatura, não ha alternativa do PAIGC na governação do país.
Com cara sorridente, DSP pediu calma a todos os militantes e dirigentes do PAIGC e todo o povo guineense, de dormirem tranquilos porque o partido tem os mecanismos necessários para fazer valer as conquistas democráticas do partido.

Ruth Monteiro
Dentro de dias, o partido vai reunir os órgãos superiores, o Bureau Politico e o Comité Central para uma orientação politica face ao atual contexto politico.

Enquanto isso, o coletivo de Advogados do PAIGC dizem ter muitas dificuldades em compreender essa decisão judicial, que por alem de não ser apaziguadora, ou seja, na manutenção da paz social, também não é pedagógica. Por isso, Ruth Monteiro, a porta-voz do coletivo, garantiu que vão pedir a fixação de jurisprudência em relação a essa matéria
Rispito.com, 06-04-2016





Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público