sábado, 2 de abril de 2016

PRS acusa o Comissario da POP de desacato


O Partido da Renovação Social (PRS) acusou o Comissario Nacional da Policia da Ordem Publícia e o Secretário de Estado da Ordem Pública de desacato a ordem judicial do juiz Lassana Cassamá do TRB, destinada a proteção dos 15 deputados expulsos do PAIGC na sede da ANP.

Em conferência de imprensa sábado, Sola N'Quilin Nabitchita ameaça acionar mecanismos legais de deteção do brigadeiro general Armando Nhaga e Luís Manuel Cabral por obstruírem a justiça, colocando em causa o normal funcionamento das instituições, instalando um Estado de anarquia na Guiné-Bissau. 

O deputado anunciou igualmente o regresso do PRS ao parlamento, mas deixa bem claro que os deputados dos renovadores só tomarão parte das sessões parlamentares da ANP, em março com deputados eleitos nos círculos.
Rispito.com/Lai Balde-correspondente, 02-04-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público