quarta-feira, 18 de maio de 2016

CEDEAO - Primeira Sessão Ordenaria do ano 2016 


Os deputados da Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental (CEDEAO) iniciaram terça-feira os trabalhos da Primeira Sessão Ordenaria do ano 2016, para apreciação e votação dos relatórios sobre a situação sócio política das comunidades dos 15 países membros da organização, na qual a Guiné-Bissau faz parte.

Mustapha Lo Cisse, Presidente do Parlamento da CEDEAO enfatizou sobre a necessidade de uma vigilância e cooperação reforçada para eliminar o terrorismo, o respeito dos direitos humanos com destaque a livre circulação de pessoas e bens no espaço da CEDEAO com visita a estabilidade regional.
A Presidente do Tribunal de Justiça da CEDEAO, a guineense Maria do Ceu Silva Monteiro disse: “por constituir um mecanismo fundamental para enfrentar os desafios da deriva secundária, da livre circulação de pessoas e bens, da miséria e ostracismo das minorias, do combate ao narcotráfico e de incalculáveis problemas que põem em causa os direitos humanos na sub-região não há tempo a perder˝.
Por sua vez o Presidente do Senado da Nigeria, BukolaSaraki, também se associou aos discursos tendo prometido apoio da sua instituição na luta a favor das reformas para um Parlamento ao serviço comunitário.
A Guiné-Bissau está representada por quatro deputados, dois do PAIGC Adja Satú Camara e Rui Diã Sousa e dois do PRS Martina Moniz e Nbumhi Incada com exceção do Califa Seide líder da bancada parlamentar do PAIGC, que não compareceu na sessão da CEDEAO, devido a crispação politica na Guiné-Bissau.
Ruispito.com/Lai Balde-correspondente, 17-05-16

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público