segunda-feira, 2 de maio de 2016

Obasanjo outra vez em Bissau à procura de apagar o fogo politico 

O Emissário da CEDEAO a crise política na Guiné-Bissau general Obasanjo está em Bissau pela quarta vez consecutiva e já reuniu-se esta 2ª-feira com o PAIGC, PRS, 15 deputados expulsos do partido, PM, Carlos Correia, Presidente do Supremo Tribunal de Justiça, Paulo Sanháe e da ANP em busca da solução plausível sobre a instabilidade política que assola a Guiné-Bissau mais de nove meses sem solução a vista.
Durante encontros tidos esta manhã com as partes desavindas, Obasanjo não prestou nenhuma informação à imprensa. Para esta tarde, o medianeiro da CEDEAO terá encontro com o Presidente Mário Vaz onde o General fará uma declaração a imprensa em jeito de balanço. 
Recordamos que esta é a quarta vez que o antigo Presidente da Nigeria, Olusegun Obasanjo a mediar a crise guineense mas não foi bem sucedido. Na sua última audiência com o Presidente Mário Vaz teve que deslocar-se ao aeroporto de Bissau, com má impressão dos políticos guineenses advertindo que, “Este é um problema entre os guineenses e deve ser resolvidos pelos guineenses. A Comunidade Internacional já poderá perder paciência sobre as instabilidades cíclicas na Guiné-Bissau“.
Rispito.com/Lai Balde-correspondente, 02-05-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público