quinta-feira, 2 de junho de 2016

OS ARAUTOS DA DESINFORMAÇÃO

A qualidade acadêmica de um individuo não pode ser somente pelo titulo e pela rankins das faculdades, como a mídia adora nos apresentar

Ate hoje, provamos que a imprensa portuguesa não acompanha gradualmente a vida politica e intelectual  da Guiné-Bissau, pois para eles ha  um grupo reservado e auto-chamados de intelectuais sem reservas, que tem espaço garantido nas programações para fazer leitura das problemas da Guiné, e sempre são os mesmos

A RTP e a RDP adora intrometer sem receios nas problemas da Guiné, mais nunca se inovam, continuam com mesmos entrevistados que também persistem a desinforma -los 

O diáfano da fantasia surgi, quando estas mesmas pessoas, num delírio megalômano, continuam apontar dedo a terceiros e livrando cara do PAIGC o verdadeiro cancro maligno do nosso país, vejamos: um já acusou o PRS, outro chamou PAIGC de partido altamente responsável, por fim aparece mais um da lista acusar o presidente da republica, ate hoje repito ate hoje, ninguém aparece para apontar PAIGC, mais porque?  Outrora apontaram, balantas, kumbas, militares, Ninos e entre outros, fazendo sempre o PAIGC de messiânico

Mídia portuguesa, podia ou se estava realmente atento a toda evolução da sociedade guineense, essa hora talvez saberão da existência dos novos quadros e que podem sim inolvidar as suas ignorâncias, nomeadamente: WIL KEIA, KANIL LOPES, EDSON COPTE, FLAVIANO MINDELA, GORKI MEDINA, BRAIMA DARAME, VASCO BIAGUE, RUI SEMEDO entre tantos outros, no anonimato porque não pertencem nenhuma formação politica

Este partido (PAIGC) vive vendendo ilusões, como diz KRUSCHEV : prometeram pontes, para onde não ha rios, mais continuam freneticamente serem levados ao colo pela mídia e pela pessoas, ate quando?

Carlos Sambu
OBS: Todas as opiniões aqui editadas são da inteira responsabilidade do seu titular (autor)

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público