terça-feira, 21 de junho de 2016

PGR e o Ministro do Interior reforçam cooperação institucional

O Procurador-geral da Republica (PGR) e o Ministro do Interior mantiveram esta terça-feira um encontro de trabalho com vista a reforçar a cooperação institucional e estabilizar o país para que os cidadãos possam sentir-se livres e gozar dos seus direitos consagrados na Constituição da Republica. Disse à imprensa, António Sedja Man. 

O PGR sublinhou que o Ministério Publico é um órgão judicial não pode vir à media a falar do andamento dos processos. Admitindo que os processos judiciais correm os seus segredos de justiça para preservar a imagem da pessoa. “O cidadão é inocente até a prova contrária.” 

Falando da tentativa frustrada de detenção do ex-secretário de Estado da Ordem Publica, Sedja Mam afirma que não e detentor do processo. “Não tenho elementos suficientes porque eu não sou o magistrado do processo. Quem tem o processo é o magistrado do MP da categoria do ex-secretário de Estado porque ele é magistrado e foi Procurador- geral Adjunto, então o magistrado com a categoria dele poderá responder o processo.”

Recordamos que, nestes últimos dias, ex-membros do governo deposto foram rolados na investigação de alegados casos de corrupção pelos magistrados do Ministério Publico.
Rispito.com/Lai Balde-correspondente, 20-06-16

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público