quarta-feira, 12 de outubro de 2016

ONU saúda conversações em Conacri mas o impasse ainda continua

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, saudou as conversações entre dirigentes da Guiné-Bissau no sentido de acabar com a crise política no país, anunciou o seu porta-voz num comunicado divulgado hoje na capital guineense.

"O secretário-geral saúda o início de um diálogo inclusivo entre os líderes políticos, sociedade civil e as comunidades religiosas da Guiné-Bissau", refere a nota.

As partes envolvidas estão reunidas na Guiné-Conacri e o diálogo encetado é visto como "um primeiro passo decisivo na implementação do roteiro da Comunidade Económica dos Estados de África Ocidental (CEDEAO) para acabar com a crise política".

Saudações bem vindas, mas coincidentes com a discórdia cujo os indício não deixava duvidas que o desentendimento ainda continua no pensamento dos políticos guineenses.

Ao que se sabe, o principal ponto de discórdia das conversações, continua ser quem vai liderar o governo Inclusivo e quais serão as pedras componentes desse governo. 

Quanto a reconciliação e reintegração do grupo "Os 15" proposto pelo mediador Alpha Konde, conforme Inácio Correia, a delegação do PAIGC aceitou, mas ao contrario disso "Os 15" disseram não estarem preparados para discutir esta proposta e que segundos eles, essa questão deverá ser tratada em Bissau.

Foi daí  interrompidas e tudo indica que a frustração de mais uma tentativa de ultrapassar a crise é a coisa mais provável, porque custa e muito ao PAIGC abrir a mão perante ao que sempre consideraram "a sacrificada conquista eleitoral".
Rispito.com/Lusa, 12-10-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público