terça-feira, 13 de dezembro de 2016

Quinto governo da legislatura toma posse na Guiné-Bissau

O governo chefiado por Umaro Cissoko tomou hoje posse. Nomeado, ontem, por decreto presidencial, este é o quinto executivo em dois anos e meio de legislatura.

Governo é composto por 37 membros, 24 ministros e 13 secretários de Estado. O executivo compõe-se por elementos do Partido da Renovação Social na sua maioria que já estavam no Governo de Baciro Djá, demitido a 15 de Novembro.
Dos 24 ministros não há uma única mulher, as quatro mulheres que foram incluídas no Governo são todas secretarias de Estado

O ministério da Mulher e Família é dirigido por um homem. Elisabete Yala, a viúva do ex-presidente guineense, Kumba Ialá, é a grande novidade do governo de Umaro Cissoko Embaló. É a primeira vez que Elisabete Yala entra para um cargo no Estado guineense.
Dos 24 ministros, quatro têm o título de ministros de Estado. O antigo Presidente do Parlamento guineense, Jorge Malú, arquitecto de formação, é o novo chefe da diplomacia.

Por alem de PAIGC, UM e PCD não participarem no governo de forma oficial, o PND também, de forma surpreendente não integrou o governo. PND aponta que os procedimentos observados para a formação do Governo não respeitaram os critérios mais justos e transparentes que nortearam o espírito do Acordo de Conakry. Mas o partido prometeu dar total apoio para a estabilidade parlamentar e governativa. 
Rispito.com/RFI, 13-12-2016

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público