quinta-feira, 26 de janeiro de 2017

Guiné-Bissau - Realidade distante de previsões económicas 
Pesquisa e análise de elevadas previsões de para crescimento económico até 2018,  a económica e financeira gera apreensão em Bissau.  
Alterações na indústria do caju,  a maior fonte de rendimento económico do pais(com 80%  PIB), fazem antever uma redução da capilaridade para tecido económico,  numa altura em que a campanha de colheita se inicia.  
Paralelamente,  a situação financeira do Estado é descrita como paralisante".  com medidas políticas de natureza clientelar a levarem a um aumento dos salários do Estado,  para alem da capacidade do erário público duplicação da massa salarial do Estado entre 2012-2016,  atingindo 4 mil milhões francos CFA),  conforme próprio PR  José Mário Vaz,  Jan-2017

2.  As previsões de crescimento também económico,  2017 apontam para os 4% (ONU)  e 5,1%  Banco Mundial.  Contudo,  agentes económicos locais consideram o caracter mais extractivo e  informal da economia como redutor do beneficio para as populações.  

Outra fonte de crescimento económico são as infraestruturas,  mas também a capilaridade de algumas obras de"cliente cooperação(China)  é reduzida,  dado que as empreitadas são entregues as empresas chinesas com um mínimo de mão-de-obra/  recursos locais usados.  

A maior fonte de preocupação reside contudo,  na incapacidade de acesso a  financiamento pelos grossistas que compram a produção aos agricultores e a revendem a exportadores indianos(com uma margem de 100%  para a economia local).  

Perante a incapacidade dos compradores,  os exportadores indianos passaram a comprar directamente aos produtores,  aumentando a sua margem de lucro.  
A comercialização interna do na caju só pode,  por lei,  ser feita por detentores de alvará,  mas a postura das autoridades é considerada passiva.  
A campanha anual do caju tem início em Fev-2017 e as empresas revendedoras são consideradas fora de jogo 

3.  A tendência é considerada também estimuladora da informalidade da economia.  Os grossistas de cajú,  habilitados para o efeito,  são considerados agentes 'transparência"  nas transacções do principal produto de exportação.  
A informalitação da economia estimula também uma menor bancarização das transações outro objectivo de sucessivos governos apoiado pela comunidade internacional Leva também a uma perda de receitas para já depauperados cofres públicos.


4-  As verbas recentemente postas à disposição do governo pelo FMI(c.  uso 6 milhões)  foram consumidas no pagamento de atrasados 

Fonte directa da escalada da despesa pública com salários é o estilo"clientelar"  de liderança de JMV (ie,  atribuindo cargos governativos para assegurar lealda caracter"decorativo"  de algumas das funções governativas atribuídas,  unicamente consumidoras de recursos)  o novo governo de Umaru Sissoco ter 24 Ministérios e 13 secretarias de Estado.

CEDEAO brevemente na Guiné-Bissau  
Aguardada  para  chegada em breve a Bissau de uma nova missão da CEDEAO, em formato a definir.  
Encorajado pela queda de Iaia Djeme,  ex-presidente da Gâmbia e principal aliado regional do PR José Mário Vaz(JMV),  o líder do PAIGC,  Domingos Simões Pereira,  partiu para o Togo,  em mais uma iniciativa de pressão junto das autoridades contra a afirmação do governo.  
A próxima escala devera ser Adis Abeba,  para reuniões a margem da Cimeira da União Africana.  A imposição de sanções pelo Conselho de Segurança da ONU,  é outro objectivo de alguns quadrantes da oposição a JMV. 

O bloco africano,  que lidera o dossier guineense na ONU,  teria previamente de se concertar sobre a adequabilidade de sancionar um dirigente legitimamente eleito por interpretação de um Acordo(Conacri)  politico diferente da do maior partido da oposição,  e estando em funções um governo com elementos do PAIGC e do PRS,  segundo partido mais votado nas ultimas eleiçoes, o que fontes diplomáticas consideram uma possibilidade remota,  pelo potencial de perturbação interna ie,  preferível deixar o país caminhar,  em clima de segurança,  para eleições.  

Com o PR e o governo de Umaru Sissoco empenhados no aumento da sua popularidade JMV tirando partido da euforia em torno da selecção nacional de futebol para prometer oferecer um carro a cada jogador, em caso de vitoria no Campeonato Africano das Nações,  o desígnio de JMV vai se mais claro com o passar do tempo:  afastar DSP e assegurar o apoio do sua reeleição abrindo caminho a uma revisão da constituição reforçadora dos seus poderes.
África Monitor, 26-01-2017

1 comentário:

  1. o DSP precisa relaxar, ja estamos cansados com as vira-voltas dele...

    ResponderEliminar

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público