terça-feira, 11 de abril de 2017

OFICIAIS DA JUSTIÇA INICIAM GREVE DE QUINZE DIAS E STJ VAI AS ELEIÇÕES

Os Tribunais da Guiné-Bissau voltam a paralisar a partir dessa quarta feira, de acordo com o novo pré-aviso da greve apresentado pelos oficiais da justiça, desta vez é para um período de quinze dias úteis.

De acordo com o porta-vos do sindicato, Pedro Gomes, explica que ainda não foi alcançado nenhum entendimento com o executivo. Segundo ele, desde a primeira hora, o governo não se dignou sentar a mesma mesa com o sindicato para negociarem sobre os pontos exigido, tendo em conta o caderno reivindicativo.
Foi nesta base que o sindicato entendeu por bem avançar com o novo pré-aviso de greve com o inicio no dia 12 de Abril a 08 de Maio próximo.
Seja como for, Pedro Gomes afirma que o sindicato ainda está aberto a negociação tendente a suspender a greve, caso o entendimento reinar no eventual frente a frente com o governo.

Lembra-se que entre os vários pontos em revindicação dos oficiais da justiça, consta a actualização salarial.

Isso numa altura em que depois de um encontro promovido pelos dois candidatos a presidência do STJ e dos quatro concorrentes para vice-presidente, o Supremo Tribunal da Justiça  fixou para dia 13 de Abril a data das eleições para a escolha dos responsáveis deste órgão supremo de justiça. Numa altura em que se fala muito da ingerência politica no poder judicial.
Rispito.com, 11-04-2017


Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público