sábado, 27 de maio de 2017

Registados confrontos com a polícia em protesto dos Inconformados

Foto de Braima Darame.Confrontos foram hoje registados durante uma manifestação do Movimento Jovens Inconformados da Guiné-Bissau, depois de a polícia reagir às provocações de manifestantes que insistiam em chegar à Praça dos Heróis Nacionais, onde está situada a Presidência da Republica.
Alguns polícias também ficaram feridos no confronto de hoje com manifestantes do Movimento Jovens Inconformados da Guiné-Bissau, constatou a Lusa no local.
Foto de Braima Darame.A lusa contatou o comando da policia de Bissau, mas ainda não obteve resposta, tendo apenas a informação de que há, pelo menos, dois agentes de autoridade feridos, para além de 13 manifestantes que foram encaminhados para o Hospital Nacional Simão Mendes, em Bissau, segundo fonte hospitalar.

Durante a manifestaçã, a polícia tentou impedir a passagem dos jovens para aquela praça, mas os participantes no protesto continuaram a tentar avançar para a zona da presidência, o que levou a polícia de intervenção rápida e a Guarda Nacional a disparar gás lacrimogéneo e a usar a força física.

No local do protesto encontravam-se também crianças e jovens, tendo sido alguns jovens encaminhados para o hospital devido a alegados ferimentos.

Foto de Braima Darame.O protesto do Movimento de Cidadãos Inconformados com a crise política na Guiné-Bissau foi inicialmente proibido, mas acabou por ser autorizado pela polícia.

Os Inconformados exigem a renúncia do Presidente, José Mário Vaz, que acusam de ser o principal responsável pela crise no país.

O movimento, constituído essencialmente por associações de jovens e mulheres, tem promovido manifestações de rua para exigir ao chefe do Estado guineense que abandone o poder.
Rispito.com/Lusa, 27-05-2017

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público