sexta-feira, 16 de junho de 2017

Ordem dos Jornalistas chamada ao Gabinete de Sissoco

António Nhaga, bastonário da Ordem dos Jornalistas da Guiné-Bissau, deslocou-se esta sexta-feira ao gabinete do primeiro-ministro para explicar declarações sobre a possível necessidade de importação de políticos para ocuparem o lugar dos da Guiné-Bissau. Palavras que surgem como resposta a declarações de Umaro Sissoco Embaló.

Lembra-se que o primeiro-ministro, Umaro Sissoco anunciou que iria solicitar a instalação de jornalistas internacionais à Guiné-Bissau  para melhor informarem a sociedade.

Do mesmo jeito, o bastonário da Ordem dos Jornalistas respondeu enaltecer que talvez fosse necessário trazer de fora políticos para ocuparem o lugar dos da Guiné-Bissau.

Na sequência desta resposta o bastonário foi chamado, esta sexta-feira, ao gabinete do primeiro-ministro para explicações. 
António Nhaga reitera as suas palavras e sublinha que os jornalistas guineenses são os que melhor conhecem o terreno. Alias, o que deve mudar é a politica conduzida pelos políticos pois da mesma forma as informações deixaram de ser iguais das de agora.
Rispito.com/RFI, 16-06-2017


Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público