quinta-feira, 25 de outubro de 2018

MINISTRO DA JUSTIÇA DEFENDE SETOR JUDICIAL «MAIS INDEPENDENTE»

Image result for ministro da Justiça da Guiné-Bissau, Iaia DjalóO ministro da Justiça da Guiné-Bissau, Iaia Djaló, defendeu, esta quarta-feira, um setor judicial «mais independente» para promover a pacificação social e o desenvolvimento económico do país.

«A justiça é um instrumento de pacificação social, de segurança dos cidadãos, de defesa liberdade e garantias, cuja independência representa um indicador base para o estímulo ao investimento nacional e estrangeiro», afirmou o ministro.

«O setor da justiça exerce um fator fundamental na melhoria dos indicadores económicos, pois sem confiança na justiça e sua efetiva funcionalidade, não se pode falar em distribuição justa de riqueza e de prosperidade económica», disse o ministro.

Para Iaia Djaló, os cidadãos com francos rendimentos económicos têm também visto o acesso à justiça dificultado devido à morosidade, aos custos e à burocracia.

«Na Guiné-Bissau ao longo de muitos anos de independência, a definição políticas e estratégias públicas de desenvolvimento não têm favorecido a implementação eficaz do direito, apresentando como resultado um quadro social deprimente», sublinhou.
Rispito.com/RFI, 25-10-2018

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público