terça-feira, 22 de janeiro de 2019

A GUERRA DE BISSAU LANÇADO EM LONDRES 

A literatura lusófona marcou um passo na historia das apresentações aos leitores na capital inglesa no passado sábado, dia 19 de Janeiro de 2019.

Um ato nunca antes visto perante a congregação lusófona residente na Inglaterra. A comunidade guineense deu avanço em organizar o evento cultural, com destaque a literatura, para fazer a apresentação do livro do escritor guineense, Samba Bari, com a historia da guerra 07 de Junho, cujo o título é "A GUERRA DE BISSAU".

O evento contou com a participação maioritária da comunidade guineense, entre o que se pode considerar dos poucos que la estavam. Embora se podia notar alguns angolanos e caboverdianos.
A fraca moldura humana que verificou, não era de admirar, tendo em conta que o ato foi o primeiro na história da convivência lusófona na capital inglesa, cujo o triunfo orgulhosamente se reverte para a Guiné-Bissau, especialmente para a classe que se dedica em lidar com as letras.

No ato,Samba Bari enfatizou que a história pós guerra 07 de Junho demonstrou ao longo do tempo o infeliz acontecimento dessa guerra, exemplificando pelo termino fatal dos principais protagonistas.
Uma guerra injusta e sem razões de ser, foram palavras bem pronunciadas para sustentar que a Guerra  nada de bom contribuiu para a Guiné-Bissau, apesar de grandes esperanças que motivou. Antes pelo contrário, provocou não só a perda de muitas vidas, enquanto durou; 
Também aumentou a pobreza do país com a ruína da economia; contribuiu para a fuga de muitos cidadãos; criou muita arrogância e fomentou o espírito da violência; aumentou a corrupção e o enriquecimentos ilícito, enfraqueceu o poder do Estado e deu origem ao grande dilema, até hoje ainda não resolvido, de como realizar reformas num país onde as autoridades civis respondem perante os generais.

O evento terminou com vozes unânimes de apelo a paz e entendimento, para que o povo da Guiné-Bissau possa alcançar a tranquilidade precisa
Rispito.com, 22-01-2019


Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público