quarta-feira, 23 de janeiro de 2019

Guiné-Bissau assinala em Cabo Verde Dia dos Combatentes da Liberdade

 A Embaixada guineense em Cabo Verde assinalou hoje, pela primeira vez neste país, o dia dedicado aos “Combatentes da Liberdade da Pátria" na Guiné-Bissau com uma conversa aberta e um almoço de confraternização.
A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, pessoas em pé e ar livreSegundo uma nota daquela embaixada, o evento insere-se no âmbito da celebração de "Janeiro - mês da reflexão", com o qual pretende assinalar um dia dedicado aos "Combatentes da Liberdade da Pátria" na Guiné-Bissau.

Nesse dia, recorda a Embaixada guineense em Cabo Verde, “as forças do Partido Africano para a Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC) atacaram a tropa portuguesa em Tite, onde ficava um quartel, no sul do país e não muito longe de Bissau em linha reta, mas que por estrada fica muito distante (devido à necessidade de contornar os rios)”.
A efeméride será assinalada com “uma conversa aberta e almoço de confraternização, com pratos típicos da Guiné-Bissau”, os quais decorreram nesta quarta-feira, na sede da Associação dos Combatentes da Liberdade da Pátria (ACOLP), na cidade da Praia.

Com esta iniciativa, a Embaixada da República da Guiné-Bissau em Cabo Verde, em colaboração com a Associação dos Combatentes da Liberdade da Pátria de Cabo Verde, pretende “restabelecer as ligações e os laços históricos existentes entre a Guiné-Bissau e Cabo Verde”.
Rispito.com/Lusa, 23-01-2019

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público