quarta-feira, 30 de janeiro de 2019

Estudos sobre Amílcar Cabral entregues à sua Fundação

Image result for amilcar cabralDois estudos sobre os escritos de Amílcar Cabral que vão servir de base para a preparação da candidatura de Cabo Verde ao  “Registo Memória do Mundo da UNESCO” foram entregues à Fundação Amílcar Cabral na Cidade da Praia.

Os documentos fundamentam a actualidade do pensamento de Amílcar Cabral e a importância da sua salvaguarda enquanto património documental mundial. O Coordenador da equipa técnica da Fundação Amílcar Cabral, Manuel Veiga, afirma que os estudos produzidos em 10 meses, e que resultaram em duas obras - uma de 429 páginas- e um documento - súmula de 40 páginas, têm três partes. "Cabral humanista, Cabral homem de cultura, Cabral poeta, mas também fizemos o levantamento de Cabral na palavra dos outros, o que os outros disseram sobre Amílcar Cabral. Foi interessantíssimo ouvir estrangeiros a falar sobre Amílcar Cabral naqueles termos", comentou o estudioso.

O Ministro da Cultura, Abraão Vicente, que testemunhou a entrega dos escritos reafirmou a disponibilidade do governo em apoiar a candidatura dos escritos de Amílcar Cabral ao programa "Memórias do Mundo" da UNESCO.

Por outro lado, na sequência de um encontro com o embaixador da Guiné-Bissau em Cabo Verde que também assistiu à cerimónia, o Ministro da Cultura afirmou que o seu país nunca reclamou os manuscritos e os arquivos de Amílcar Cabral que se encontram na Fundação Mário Soares, em Lisboa, actualmente a atravessar dificuldades financeiras.

Abraão Vicente disse que Cabo Verde está disponível para apoiar a Guiné-Bissau na preparação de todas as condições para receber de volta os documentos. "Da conversa muito produtiva com o Senhor Embaixador, saiu a ideia de que a Guiné quer acolher os arquivos. Neste sentido, disponibilizei os serviços e o apoio técnico do Instituto do Património Cultural e do Arquivo Nacional de Cabo Verde para a preparação do espaço da instituição que irá recebê-los e também nos disponibilizamos, caso seja necessário, a providenciar algum tipo de apoio financeiro", indicou o Ministro cabo-verdiano da Cultura.
Rispito.com/RFI, 30-01-2019

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público