quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Mulher detida por deitar óleo quente de cozinha sobre empregada 

Image result for Sene Cassamá presidente de empregadas domesticas na guine bissauA Polícia Judiciária (PJ) da Guiné-Bissau deteve uma mulher por deitar óleo quente sobre a sua empregada, de 13 anos, disse hoje à Lusa o presidente da associação de defesa das empregadas domésticas, Sene Cassamá.

A jovem sofreu queimaduras de terceiro grau e encontra-se internada na unidade de recobro do hospital Simão Mendes de Bissau. 

De acordo com Sene Cassamá, a PJ deteve a mulher na sequência de uma denúncia anónima.

Segundo testemunhos dos vizinhos, após ter sido queimada com o óleo a jovem esteve escondida a receber tratamento em casa.

Sene Cassamá adiantou à Lusa que a jovem contou ter sido espancada pelo marido da patroa e quando se foi deitar aquela derramou-lhe óleo quente no corpo. O caso ocorreu no bairro de Brá, subúrbios de Bissau.

Segundo Cassamá, o casal acusa a empregada de ter deixado cair o seu filho de sete anos, de quem devia cuidar.

O presidente da associação de defesa e proteção das empregadas domésticas (Apromed) elogiou a ação da PJ, mas pediu a detenção do marido da mulher por considerar que ambos são suspeitos do mesmo crime.

Sene Cassamá prometeu mobilizar as empregadas domésticas de Bissau se o marido não for chamado a responder na justiça.
Rispito.com/Lusa, 02-01-209

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público