sexta-feira, 7 de junho de 2019

Sociedade civil guineense pede a PR nomeação do Governo

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas e interiores
O Movimento Nacional da Sociedade Civil, Paz e Desenvolvimento da Guiné-Bissau pediu hoje ao Presidente guineense, José Mário Vaz, a nomeação do Governo e a marcação de eleições presidenciais, prometendo ajudar a resolver a situação no parlamento.
"Viemos manifestar a nossa preocupação ao Presidente da República em relação à situação política, social e económica do país e defendemos que neste momento é necessário a nomeação do novo Governo para que o país possa sair da situação em que se encontra", afirmou Malam Braima Sambu, do Movimento Nacional da Sociedade Civil.
Malam Braima Sambu falava aos jornalistas depois de um encontro com José Mário Vaz no Palácio da Presidência, em Bissau.
"Independentemente da situação que se vive no parlamento, a nossa opinião é que o Presidente deve avançar com a nomeação do Governo e posteriormente vamos também ajudar a resolver a situação no parlamento", salientou.
A imagem pode conter: 4 pessoas, pessoas sentadas, sala de estar, mesa e interioresMalam Braima Sambu disse que o Movimento Nacional da Sociedade Civil pediu também ao chefe de Estado para marcar as eleições presidenciais.
O mandato de José Mário Vaz termina a 23 de junho.
" para lançar um vibrante apelo a todos os guineenses para nos entendermos e para que nos encaremos como irmãos e não inimigos", conclui Malam Braima Sambu.
Três meses depois da realização de eleições legislativas na Guiné-Bissau, a 10 de março, o Presidente guineense continua sem nomear o primeiro-ministro e o Governo, alegando que falta resolver o problema da eleição da mesa da Assembleia Nacional Popular, o que tem levado à realização de vários protestos em Bissau.
Rispito.com/Lisa, 07-06-2019

Sem comentários:

Publicar um comentário

ATENÇÃO!
Considerando o respeito pala diversidade, e a liberdade individual de opinião, agradeço que os comentários sejam seguidores da ética deontológica de respeito. Em que todas as pronuncias expressas por escrita não sejam viciadas de insultos, de difamações,de injúrias ou de calunias.
Paute num comentário moderado e educado, sob pena de nao sair em público